Esposa apanha do marido, mas desiste de registrar BO alegando ‘gostar de apanhar’

FOTO: Ilustrativa

Uma mulher de 24 anos após ser espancada pelo marido com socos e tijoladas na cabeça, na noite de ontem (12) defendeu o esposo alegando que ‘gosta de apanhar; amo muito Ele’. O crime aconteceu na cidade de Inocência/MS.

A Polícia foi acionada por volta das 23 horas por vizinhos, que viram a jovem toda ensanguentada após ser agredida no rosto. Quando os militares chegaram a casa a mulher negou que havia apanhado do esposo mesmo estando machucada. O autor, entretanto, confirmou as agressões e justificou que seria porque ela teria ingerido bebida alcoólica.

Apesar de a polícia tentar levar a vítima ao hospital a mesma se recusou, afirmando que não faria exame de corpo de delito, pois não iria produzir provas contra o marido.

A jovem na delegacia não registrou o BO, pois afirmou que amava o companheiro.

Comentários

Comentários