ESCOLA PAULO FREIRE: Pais descobrem uma “lista” de crianças e professores que seriam assassinadas por um aluno de “doze” anos

Pais de alunos da Escola Paulo Freire, da Rua Jeribá, estão apavorados. Um aluno problemático, de apenas 12 anos, fez lista de crianças e professores que ele pretendia matar. A lista se tornou pública. Pais estão com medo de mandar os filhos para a escola e já pediram providências à diretora que passou – a título de prevenção – a revistar o aluno problemático todos os dias, na entrada para as aulas. A situação está perigosa e incontrolável. Comenta-se até que uma “queixa’ dos pais será registrada na Delegacia de Polícia. Amanhã cobertura completa sobre o assunto no programa BOCA DO POVO.

Aguardem.

Comentários

Comentários