Empresário quer implantar restaurante popular na capital

Quem não quer ir ao restaurante com comida boa, de qualidade e a um preço de custo. Pois essa é a ideia do empresário que deseja criar um restante popular com refeição a R$ 3 na Capital. Agora, empresário campo-grandense tenta reativar o projeto na cidade.

Jamilson Name, filho de Tereza Name, referência como vereadora e defensora de causas sociais, herdou da mãe a vontade de ajudar o próximo. Isto então lhe trouxe a ideia de levar refeições mais baratas para a mesa da população.

Jamilson afirmou que, “A ideia é ter vários locais montados, restaurantes mesmos, com preços populares e atendendo quem realmente precisa”

O projeto é encampado pelo empresário, que já conta com apoio de parlamentares de Campo Grande. “Pelo menos quatro vereadores já mostraram que estão do nosso lado nessa briga”.

O Restaurante popular, já existiu em nossa Capital no início dos anos 2000, mas acabou fechando as portas em 2007.

A estrutura

Sendo ainda pensado, o novo Restaurante Popular voltaria a funcionar justamente onde foi instalado pela primeira vez: o bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande.

“Mas nosso plano é abrir em pelo menos três locais só na Capital, e depois ir também para o interior do Estado, como em Dourados”, avaliou Jamilson.

O empresário salientou que para manter os preços populares está em conversa com diversos setores, como os comerciantes do Ceasa da Capital. Com essas parcerias, a refeição poderá ser vendida a um preço proposto de, no máximo R$ 5, que estará a abaixo da média regional.

Jamilson explicou que “Temos que tomar todo um cuidado também para não prejudicar os comerciantes locais, das regiões onde serão instalados os restaurantes populares”, Uma forma de trabalhar melhor o projeto será através de avaliação da renda familiar de cada cidadão, beneficiando assim os mais carentes, que teriam direito preferencial à alimentação oferecida nas instalações.

Este projeto conta com apoio de pelo menos três vereadores de Campo Grande, que devem encampar e liderar a ideia dentro da Câmara Municipal.

Comentários

Comentários