EM AÇÃO INÉDITA, VEREADORES FAZEM BLITZ EM EQUIPAMENTOS PÚBLICOS DA CIDADE

Num modelo de ação inédita, os vereadores saíram às ruas na manhã de quarta-feira (16) percorrendo Ceinfs, escolas e postos de saúde para ver as condições dos serviços públicos colocados à disposição da população nos bairros Serradinho, Nova Campo Grande e Jardim Carioca.

A ação teve início na Escola Municipal Sebastião Lima, no Serradinho, onde foi feita a abertura oficial do novo modelo do Projeto Câmara Comunitária. No local foram colhidas reivindicações da população, que serão transformadas em indicações, Ofícios e Requerimentos, a serem encaminhados ao Poder Executivo.

Os vereadores foram também na Escola Municipal Fause Scaff Gattass Filho, que está com as atividades paralisadas, foram também no Ceinf e na UBSF Serradinho (Unidade Básica de Saúde da Família) “Dra. Sumie Ikeda Rodrigues”, onde foram denunciadas diversas irregularidades como falta de verduras e legumes na merenda das crianças e também reutilização de seringas, por falta de material.

Vários buracos e crateras foram encontrados nos três bairros visitados, onde moradores denunciaram a sujeira e o mato alto que tomam conta das vias. A moradora do Jardim Carioca, Sueli Pinheiro sofre com uma enorme cratera em frente à sua residência na Avenida Sete e reclama da qualidade do asfalto. “O asfalto parece de papel, as crateras vivem cheia de água, favorecendo o aparecimento do mosquito da dengue e os carros são sempre danificados por causa dessas crateras”, denuncia.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Prof. João Rocha destacou a importância de desenvolver trabalhos como esse, que vão ‘in loco’ constatar os problemas sofridos pela população todos os dias. “O verdadeiro espírito dessa ação é praticar a cidadania. Estamos aqui hoje indo de encontro aos moradores, quebrando a formalidade e nos deslocando em direção à comunidade. Estamos indo no local ver o problema, pois o que os olhos não vêem o coração não sente. Vamos sentir as necessidades da comunidade e dar o nosso encaminhamento”, disse o parlamentar.

Comentários

Comentários