‘El Loco’ Bielsa desiste de comandar a Lazio dois dias após ser anunciado

Diretoria do clube italiano anunciou nesta sexta-feira a desistência do treinador

O treinador Marcelo Bielsa, apelidado como “El Loco” nos tempos de jogador, desistiu de comandar a Lazio (ITA) apenas dois dias após ser anunciado pelo clube italiano. A decisão surpreendente foi anunciada pelo próprio clube, em breve comunicado divulgado nesta sexta-feira.

– Tomamos conhecimento com espanto da decisão do senhor Marcelo Bielsa (…) deixando de cumprir os compromissos assumidos e os contratos assinados na última semana, e registrados na Federação Italiana de Futebol – afirma o comunicado da Lazio.

Bielsa chegaria em Roma neste sábado para começar a pré-temporada com a Lazio. A saída do treinador não torna incerta apenas a preparação do clube italiano, mas também o futuro de um atacante brasileiro: Alexandre Pato, que seria um pedido de Bielsa para reforçar a Lazio.

Um dos possíveis motivos para a demissão-relâmpago de Bielsa na Lazio é a chance de ser o novo treinador da Argentina, cargo vago após a saída de Tata Martino do comando, motivada pela crise institucional na AFA (Associação de Futebol da Argentina). Antes do anúncio oficial da Lazio de que havia contratado Bielsa, na quarta-feira, os rumores haviam ganhado força no mercado – Martino acertou sua demissão na terça.

APELIDO REFORÇADO

O apelido “El Loco”, literalmente “O Louco”, surgiu quando Bielsa ainda era um zagueiro do Newell’s Old Boys, na Argentina, nos anos 1970. O comportamento como treinador vem reforçando a fama. Em 2015, Bielsa se demitiu do comando do Olympique de Marselha (FRA) após a primeira rodada do Campeonato Francês. A decisão surpreendente irritou a diretoria e até os jogadores do clube francês.

Bielsa comandou a seleção argentina entre 1998 e 2004, quando saiu por conta própria alguns meses após conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Pouco antes disso, a Argentina havia sido vice-campeã da Copa América, perdendo a final para o Brasil.

Fonte:OGLobo

Comentários

Comentários