Documento contra abuso de tarifa da Energisa tem 14.531 assinaturas

Foto: Venicio Leite

A campanha “Energia cara não” coletou 14.531 assinaturas de consumidores lesados e indignados com o abuso da Energisa em Mato Grosso do Sul, que aumentou de dezembro de 2018 para cá, em até 500% muitas contas de energia de consumidores. O balanço foi feito esta semana pelo empresário Venício Leite, autor da campanha para levar o documento, com as assinaturas à Agencia Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

O documento será entregue nos próximos dias, informa Venício, que vai a Brasília pessoalmente para uma audiência com a direção da agência. “Vamos fazer isso imediatamente para que os consumidores sejam ressarcidos dos valores que pagaram a maior e para que esse problema não se repita mais em Mato Grosso do Sul”, afirmou o empresário que contou com uma rede de voluntários em todo Estado para a coleta de assinaturas de consumidores.

Venício Leite agradeceu especialmente a muitos vereadores que se dedicaram nessa missão de coleta de assinaturas na capital e no interior do Estado. Ele disse também que o número de assinaturas, em função de sua campanha, produziu um número muito maior de adesão de consumidores. Entretanto em alguns municípios as pessoas que lideravam o movimento acabaram focando a entrega para Procon, Ministério Público e a outros órgãos.

Essas 14.531 assinaturas que fazem parte do documento que será encaminhado à Aneel, segundo o empresário Venício Leite, foram feitas devidamente para anexar ao documento contra a Energisa e entrega à Aneel. “Estamos satisfeitos com a repercussão e pela satisfação de trabalharmos gratuitamente em benefício da coletividade. A imprensa exerceu papel importantíssimo nesse processo e a ela agradecemos muito pelo êxito de nosso trabalho”, afirmou o empresário.

Créditos: Venicio Leite

Comentários

Comentários