“Diálogo é o melhor remédio para evitar que jovens tentem suicídio” diz Enfermeira Cida Amaral

Convidado pelo vereador Prof. João Rocha, o presidente do Conselho Municipal da Juventude e subsecretário de Políticas para Juventude, Maicon Cleyton Rodrigues Nogueira, usou a Tribuna na 56ª sessão ordinária da quinta-feira (20), para falar sobre as ações da Semana Municipal da Juventude.

O evento tem o objetivo de promover a semana da juventude com ciclo de palestras, cultura, esporte, orientação profissional e saúde do jovem, os eventos seguem um cronograma com temas, horário e locais das ações.

 “Vamos unir as pessoas por uma causa, a aproximação da Pasta, do Conselho e da Câmara é essencial para criar, fortalecer e estender a importância das políticas públicas para a juventude e tornar a nossa cidade referência. Já atendemos mais de 15 mil jovens com as nossas ações, e queremos atender muito mais”, apontou.

Para a vereadora Enfermeira Cida Amaral, é preciso prestar atenção nos jovens, pois a depressão, bullying e o mau uso da internet estão levando os jovens para o precipício. “Os jovens precisam de atenção e diálogo, para que não tentem ceifar sua vida. Em Mato Grosso do Sul foram registrados até o dia 10 deste mês, 108 mortes por suicídio, sendo sete delas por adolescentes. No ano passado, a morte da estudante Karina Saifer Oliveira, 15 anos, na cidade de Nova Andradina, expôs esta relação: Essa adolescente era vítima de bullying na escola, por conta do cabelo crespo e era alvo de um boato sobre a divulgação de fotos íntimas. É preciso ter clareza que nem sempre depressão é a causa do suicídio, e sim a dificuldade de lidar com momentos de crise. Quando acontece algo que foge do controle e não tem aparato para lidar com isso, pode entrar em colapso. Por exemplo, fim de relacionamento, doenças crônicas, problemas financeiros e cotidianos. Daí a necessidade de dialogarmos com nosso jovens, de prepará-los para as dificuldades da vida” finalizou a parlamentar.

Comentários

Comentários