Determinado pelo governo recall de produtos de três frigoríficos investigados

Determinado pela Secretaria Nacional do Consumidor determinou que os frigoríficos Souza Ramos, Transmeat e Peccin iniciem em até cinco dias recall de todas as carnes vendidas por eles que estejam no mercado.

Os três são alvos da Operação Carne Fraca, deflagrada na semana passada, para investigar corrupção no sistema de defesa agropecuária.

De acordo com a decisão tomada na quinta-feira (23), todos os produtos desses estabelecimentos “devem ser recolhidos, com o devido reembolso ao consumidor, daquilo que for por ele restituído aos pontos de venda”, informou o órgão ligado ao ministério da Justiça e responsável pela defesa dos consumidores.

A decisão foi tomada após a secretaria receber documentos do ministério da Agricultura.

Os três frigoríficos já haviam sido interditados pelo Ministério da Agricultura. Mas agora eles também terão que pagar pelos produtos que já foram vendidos.

O órgão informou ainda que continuará com processos abertos para investigar e aplicar possíveis penas às empresas relativas às leis de proteção ao consumidor.

 

Comentários

Comentários