Deputado Marun e aliados apresentam requerimento para aprovação da CPMI para investigar delação do JBS

Com apoio do deputado Carlos Marun (PMDB-MS), o deputado Alexandre Baldy (PTN-GO) e o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), apresentaram nesta quinta-feira (25) o pedido de instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o acordo entre os proprietários da JBS, Joesley e Wesley Batista e a Procuradoria-geral da República (PGR). Já foram coletadas mais de 190 assinaturas.

 Vice-líder do governo na Câmara, Marun acredita que a criação desta comissão é uma forma de esclarecer para a sociedade sobre a delação polêmica que citou o presidente Michel Temer e impactou o governo. ”Existem muitos pontos a serem explicados. Estamos debatendo e ouvindo especialistas e técnicos do governo para avaliarmos esse acordo de delação que teve uma benevolência inédita na história da vida jurídica brasileira”, disse o deputado.

 Processo

Após as coletas das assinaturas, técnicos do legislativo farão a conferência. A CPMI, que só pode ser instalada se tiver no mínimo 171 assinaturas de deputados e 27 de senadores, pode ser iniciada depois da leitura do ato de criação pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). A comissão será composta por 13 senadores e 13 deputados, que serão indicados pelos líderes partidários.

Comentários

Comentários