Deputado Felipe pede ao governo o não fechamento de escolas públicas no Estado

O deputado estadual Felipe Orro solicitou o não fechamento das escolas estaduais Cel. Antônio Trindade e Professor Luiz Mongelli, ambas de Aquidauana, durante sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (26). Felipe explicou que outras onze escolas públicas de Mato Grosso do Sul passarão pelo mesmo processo de reordenação da SED (Secretaria de Estado de Educação). Na Capital, diretores e alunos das escolas Advogado Demosthenes Martins e Professor Carlos Henrique Schrader, pedem ao deputado o não encerramento de suas atividades. “Estamos buscando uma solução rápida junto ao governo para a manutenção permanente destas instituições de ensino ameaçadas com o fechamento”, afirmou Felipe Orro.

A Escola Antônio Trindade, por exemplo, acolhe quase 250 alunos e conta com o apoio de 34 funcionários. Conforme o secretário-geral, Francisco de Castro, a comunidade estudantil das vilas Trindade, Bancária e Nova Aquidauana temem pelo fechamento da escola que funciona há mais de 50 anos. “Por não termos em Aquidauana serviço de transporte público, muitos pais de alunos usam como meio de transporte a bicicleta. Portanto, estes pais que trabalham em outras localidades e levam seus filhos para a escola terão que andar mais de 4 km”, explica.

Felipe Orro encaminhou o pedido ao Governador Reinaldo Azambuja e também, a secretária Estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta.

Comentários

Comentários