Deputado Carlos Marun (PMDB-MS) inicia debate do relatório sobre a reforma da Previdência

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência (PEC 287/16), deputado Carlos Marun (PMDB/MS), deu início na tarde desta terça-feira (25), às discussões sobre o relatório apresentado na semana passada pelo relator da comissão, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA). Após quase duas horas de reunião, os debates foram encerrados pela ordem do dia e continuarão amanhã (26), a partir das 9 horas. 

Presidente da comissão, Carlos Marun (PMDB-MS), fez um acordo com a oposição para que não houvesse obstrução durante a leitura do parecer, ocorrida na semana passada, comprometendo-se a realizar às sessões de debates nesta semana. Segundo o deputado Marun, a votação do relatório no colegiado será no próximo dia 2 de maio e a previsão é que a leitura no plenário da Câmara seja realizada no dia 8 de maio.

Para Marun, a reforma da Previdência não é uma tarefa fácil, porém é necessária para garantir a aposentadoria dos cidadãos brasileiros. “Acompanhamos de perto todas as discussões em torno das propostas, ouvimos técnicos do governo e representantes de vários segmentos da sociedade, inclusive, acatamos algumas reivindicações feitas até pela oposição. No meu entendimento, as propostas são adequadas para que o trabalhador tenha seu direito assegurado pelo governo ao se aposentar”, ressaltou o parlamentar.

Sobre a reforma

A comissão especial da reforma da Previdência (PEC 287/16) é formada por 37 deputados e foi criada neste ano, no dia 3 de fevereiro. Para ser aprovado, o relatório precisa da votação por maioria simples do colegiado, ou seja, 19 parlamentares.

Comentários

Comentários