Deputado Amarildo apresenta Projeto de Tombamento do Complexo dos Poderes

Foto: ALMS

Começou a tramitar nesta quinta-feira (8), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o Projeto de Lei que inicia o processo de tombamento do Complexo dos Poderes, que compreende as áreas do Parque dos Poderes, Parque Estadual do Prosa e Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande.

De autoria do deputado estadual Amarildo Cruz (PT), a proposta estabelece a proteção provisória da área, enquanto a Fundação de Cultura do Estado de Mato Grosso do Sul elabora a instrução processual e o Conselho Estadual de Cultura prepara parecer sobre o tombamento. “O Complexo dos Poderes é um importante equipamento urbano que precisa ser preservado, conservado e integrado ao Patrimônio Histórico-Cultural, Natural e Paisagístico do Estado”, afirmou o deputado.

O Parque dos Poderes reúne as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Comando da Polícia Militar e diversos órgãos estaduais e federais. O Parque Estadual do Prosa preserva amostras de ecossistemas do Cerrado, espécies da flora e fauna e as nascentes do Córrego Prosa.

Já o Parque das Nações oferece infraestrutura de lazer e esporte às margens de um lago formado pelas águas da nascente do Córrego Prosa. Nele estão abrigados a Concha Acústica Helena Meirelles, o Museu Dom Bosco, o Museu de Arte Contemporânea, o Monumento do índio e o Monumento à Zarabatana.

Créditos Agência ALMS

Comentários

Comentários