Dep. Marçal Filho pede estudo técnico para construir perimetral em Itaporã

O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) pediu ao Governo do Estado um estudo técnico de viabilidade de construção de uma perimetral na MS-156, município de Itaporã. Todo o tráfego pesado de veículos que chega na cidade passa por dentro dos bairros, prejudicando a malha asfáltica e colocando a população em risco.

Ao ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa na quinta-feira (07), o parlamentar disse que vai enviar ofício de indicação ao vice-governador e secretário de infraestrutura Murilo Zauith, e ao governador Reinaldo Azambuja, para que disponham de uma equipe para realizar o estudo.

Marçal lembrou que Dourados apresentava o mesmo problema, sendo minimizado com a perimetral, entregue à população em 2012. “O trânsito pesado de veículos precisa ser desviado da área urbana de Itaporã, por isso vamos fazer esse pedido ao Governo do Estado, por ser um anseio da comunidade daquele município”, destacou o parlamentar.

O deputado ainda disse que a mesma MS-156, só que em Dourados, tem trazido perigo aos moradores. A rodovia passa por bairros populosos como Guaicurus, Harrison de Figueiredo, Dioclécio Artuzi e ao cruzar a BR-163 torna-se a rua Coronel Ponciano, via de acesso a vários outros bairros, a prédios municipais como UPA, Prefeitura, supermercado atacadista e o shopping. Esta semana um pedestre foi atropelado e morreu tentando atravessar a BR-163 para ter acesso a MS-156.

Por reunir tráfego de pedestres, ciclistas, motos e carros, a Coronel Ponciano e a MS-156 têm se tornado cada vez mais caóticas. Marçal Filho solicitou, ano passado, estudo técnico de construção de viaduto ou túnel para prefeitura de Dourados, mas como não teve retorno, voltou a pedir novo estudo. Desta vez oficiou também os governos estadual e federal.

Comentários

Comentários