Delinha é nomeada como embaixadora da Cultura de Campo Grande/MS

Projeto de lei que denomina a cantora Delanira Pereira Gonçalves, conhecida como Delinha, foi aprovado hoje, 11 de fevereiro, por unanimidade na Câmara Municipal de Campo Grande. O projeto de lei N. 8.109/15 foi proposto pelos vereadores Vanderlei Cabeludo (PMDB) e Eduardo Romero (Rede Sustentabilidade).

A indicação da Delinha como embaixadora é uma maneira de reconhecer sua contribuição à cultura e à música sertaneja de raiz sul-mato-grossense. São 58 anos de história, totalizando nesse período 18 discos LP’s, 2 CD’s e um DVD.

“Não esperava essa homenagem e estou muito feliz. Sempre faço meu trabalho sem esperar nada em troca e sempre sou reconhecida!”, comenta Delinha sobre a indicação do Projeto de Lei.

Para o Vereador Eduardo Romero, Vice-Presidente da Comissão Permanente de Cultura da Câmara Municipal de Campo Grande, Delinha é a artista perfeita para representar e divulgar a Cultura de Campo Grande. “Delinha é uma artista generosa e sempre usou seu prestígio para ajudar os artistas locais a conquistarem novos espaços. É uma Embaixadora nata da nossa cultura”.

Delinha sempre cantou sobre as belezas, os amores, as esperanças, os sonhos e costumes da terra.  Seu timbre de voz e letras são únicos e facilmente conquista os corações.   A cantora sertaneja também atrai admiração por ser uma mulher forte, guerreira, íntegra, compromissada com sua arte e sempre agindo com lisura e honestidade.

A dupla Délio e Delinha, que se denominava como o “Casal onça de Mato Grosso”,  foi pioneira gravando suas obras em São Paulo e fazendo sucesso. Depois de muitos álbuns a dupla se desfez, também se apresentou e gravou em parceria com Jairo. Em carreira solo Delinha mostra a mesma vitalidade e qualidade, compondo, cantando e, principalmente, encantando multidões.

Comentários

Comentários