Coronel David anuncia saída da Assembleia e recebe elogios de deputados

Foto: ALMS

O deputado estadual Coronel David (PSC) encerrou seu mandato com um discurso durante a sessão ordinária desta quarta-feira (20/12) na Assembleia Legislativa. A vaga será ocupada pelo deputado licenciado José Carlos Barbosinha (PSB), que retorna à Casa de Leis após deixar o comando da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

“Participo da última sessão por conta do retorno do deputado José Carlos Barbosinha, e gostaria de agradecer aos colegas pela maneira carinhosa como fui recebido aqui, pois aprendi muito em minha passagem neste parlamento”, disse Coronel David.

O deputado também lembrou de duas leis de sua autoria que foram aprovadas em sua passagem pela Assembleia. “Neste breve tempo exercendo meu mandato, conseguimos aprovar projetos de lei de extrema importância para a segurança da população sul-mato-grossense. Em primeiro lugar, a garantia ao policiais e bombeiros militares de ser assegurada a sua presunção de inocência quando no exercício de suas funções, o que precisávamos conseguir há muito tempo, pelo histórico de prejuízos à carreira de muitos servidores, mas corrigimos essa injustiça graças ao trabalho da Casa. E também a criação do Cadastro Estadual de Pedófilos, sendo possível hoje a um pai de família poder identificar qualquer pedófilo que resida em sua rua ou seu bairro para tomar as medidas de prevenção necessárias para o bem-estar de sua família”, falou

Os deputados que acompanharam a sessão aproveitaram para saudar Coronel David. Paulo Corrêa (PR) foi o primeiro a se pronunciar. “Vossa Excelência fará falta pela forma educada que sempre se portou com os servidores e cidadãos que freqüentam a Assembleia. Conheço seu trabalho e posso dizer que merece o respeito de todos aqui”, elogiou. Maurício Picarelli (PSDB) desejou boa sorte na carreira do colega. “Como Comandante-Geral da Polícia Militar e também como deputado sempre se pautou por atitudes corretas. Sua passagem por esta Casa nos dignifica e nos orgulha, pelo companheirismo e desejo que tenha sucesso na nova jornada”, falou.

Já Herculano Borges (SD), desejou que o deputado volte em breve em um novo mandato. “Sabemos de seu histórico de serviços prestados pelo Estado, por isso acredito que essa despedida de hoje seja um ‘até breve’”, declarou. Cabo Almi (PT) falou sobre a importância de um colega vindo da área da segurança pública no trabalho legislativo. “Lamentamos que seu mandato não tenha sido inteiro, pois sabemos como a representatividade é necessária para nossa classe. Não podemos abrir mão dela, pois percebemos neste tempo de seu mandato o avanço de projetos pertinentes à área, assim, acredito que o senhor está indo hoje, mas retornará em breve”, disse.

Renato Câmara (PMDB) falou sobre a admiração que Coronel David despertou entre os deputados. “Vossa Excelência chegou aqui de uma forma muito educada, e por isso aprendi a admirá-lo, pois nos momentos de maior tensão sempre se manteve equilibrado. Por isso, esta Casa sempre estará de portas abertas para receber vossas demandas”, asseverou. Eduardo Rocha (PMDB) lembrou de quando conheceu o deputado. “Aprendi a respeitá-lo em Três Lagoas, quando comandava a polícia militar e em meio a uma ocorrência se colocou à frente dos soldados, como verdadeiro líder. Parabenizamos pelo trabalho, que demonstra que o senhor é um democrata nato”, disse.

Já os deputados Pedro Kemp, João Grandão e Amarildo Cruz, ambos do Partido dos Trabalhadores, declararam que apesar de ocasionais divergências de opinião, Coronel David se mostrou muito atuante em sua passagem pela Assembleia. “Sempre mantivemos um relacionamento fraterno e democrático, e sabemos que exerceu seu mandato com responsabilidade”, disse Kemp. “Como líder da bancada do PT, reitero a fala de meu colega, e digo que nunca faltou compreensão na defesa de suas posições”, falou João Grandão. “Sua participação foi muito importante para este Parlamento, que só se fortalece com o debate de ideias, feito pensando no coletivo, e nunca no individual. Por isso, Coronel, seu mandato será marcado”, afirmou Amarildo Cruz.

O 1º secretário da Assembleia, Zé Teixeira (DEM), também se manifestou. “Devo dizer, David, que além de aprender, também nos ensinou muito. Atualmente o que mais aflige o povo, além da saúde, é a segurança, e seu trabalho e posicionamento se mostrou saudável neste sentido. O senhor é um colega que ouve, conversa e atende o que promete”, refletiu. Já o presidente da Casa, deputado Junior Mochi (PMDB), ratificou as declarações dos deputados. “No mesmo diapasão dos demais, agradeço à convivência contigo. Desejo também sucesso em sua nova caminhada”, finalizou.

CRÉDITO: Agência ALMS

Comentários

Comentários