Com constantes acidentes, Coronel David reivindica sinalização em cruzamento no Tijuca

Foto Divulgação

A população das ruas Xavantes e Javaés no Bairro Tijuca, em Campo Grande, tem sofrido com o grande fluxo de veículos em alta velocidade, o que tem causado várias tribulações. Recentemente, Francielle Jesus do Nascimento, 21 anos, morreu após sofrer um acidente de moto neste cruzamento. Ela estava com o marido, Damião Ferreira da Silva, de 31 anos, que continua internado em estado grave. A reclamação dos moradores  é quenão há sinalização horizontal ou vertical  no local, o que acabou provocando uma tragédia.

Devido os vários incidentes ocorridos, inclusive o que tirou a vida da jovem Francielle, Coronel David (PSL),  encaminhou ao prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD), com cópia ao Secretário Municipal de Infraestrutura Serviços Públicos (SISEP), Rudi Fiorese e ao Diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AGETRAN), Janine de Lima Bruno, uma solicitação para que seja feita em caráter de urgência, a sinalização horizontal e vertical entre as ruas Xavantes e Javaés.

“Prezo pela segurança de todo cidadão sul-mato-grossense, seja nas escolas, nas ruas, nas praças e no trânsito também. Atitudes precisam ser tomandas para que os condutores trafeguem em menor velocidade, tornando nossas vias mais seguras e tranquilas. É melhor previnir do que remediar ou chorar a perda de um ente querido,” concluiu Coronel David.

Comentários

Comentários