CASO LULA: CNJ vai apurar conduta de desembargadores e do Juiz Sérgio Moro

Foi aberto um procedimento pelo corregedor do CNJ o ministro João Otávio de Noronha nesta terça-feira (10) para apurar a conduta do desembargador Rogério Favreto, que mandou soltar o ex-presidente Lula no último domingo (8) e do presidente do TRF-4, João Pedro Gebran Neto que suspendeu a decisão. A conduta do juiz Sérgio Moura também será apurada.

De acordo com o corregedor os trabalhos serão iniciados imediatamente pela Corregedoria. Mas para que um processo disciplinar seja aberto é necessária uma decisão do plenário do CNJ. As punições vão de censura a aposentadoria compulsória.

Comentários

Comentários