Capelinha de MS é alvo de incêndio criminoso

Foto: O Pantaneiro

AQUIDAUANA-MS (Correspondente) – Laudo pericial apontou que o incêndio que destruiu a Capela Nossa Senhora Aparecida no último dia 31 de dezembro de 2018 foi criminal. A perícia concluiu que o autor ateou fogo jogando combustível no interior da “igrejinha”. O oratório foi inaugurado em 12 de outubro de 2002 e foi alvo várias vezes de vândalos.

Comentários

Comentários