Bebê nasce grávida do irmão gêmeo na Colômbia

A colombiana Mónica Vega virou notícia em todo o mundo essa semana depois de dar à luz a um bebê com um embrião dentro dele na cidade de Barranquilla, na Colômbia. Da descoberta foi feita durante uma ecografia. As imagens revelaram que dentro do ventre do bebê de sete meses de gestação, havia um outro feto menor com seu próprio cordão umbilical rodeado de líquido amniótico.

O fenômeno é conhecido na ciência como “gêmeo parasita”, também é chamado de “fetus in fetu”. É um caso muito raro, no qual um feto malformado é englobado no seu gêmeo com desenvolvimento normal. Acredita-se que ocorre um caso em cada milhão de nascimentos, existem menos de 100 casos mencionados na literatura em todo o mundo.

Após a descoberta, os médicos decidiram fazer uma cesariana em Mónica na 37ª semana de gestação. Após a cesariana, os médicos tiveram que realizar uma cirurgia no bebê para extrair o gêmeo parasita, já que de acordo com o cirurgião Miguel Parra, o bebê corria risco de morte. A cirurgia de extração foi realizada com sucesso e a bebê, batizada de Itizamara, já se encontra fora de risco.

Comentários

Comentários