Azambuja assina termo que da Liberdade Econômica ao campo-grandenses

Foto: Chico Ribeiro

O Governo Reinaldo Azambuja assinou nesta segunda-feira (10), no auditório do Sebrae/MS, um termo de compromisso de Lei de Liberdade Econômica, que incentivará ao campo-grandense a abertura de empresas e a geração de empregos e renda. Prefeitos de 15 municípios sul-mato-grossense também aderiram ao documento.

Azambuja anunciou ainda que, para facilitar a vida do cidadão, lançará em abril o pacote de 80 plataformas digitais para facilitar a vida do cidadão e gerar economia para os cofres públicos.

Na ocasião o governo aproveitou para destacar os resultados da economia de MS fruto, em parte, das medidas de austeridade tomadas como a redução do tamanho da própria máquina pública, para a menor estrutura administrativa do país, ao lado de Goiás, e da reforma previdenciária, entre outras.

Participaram da agenda os secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Jaime Verruck (Semagro); presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, deputado federal Beto Pereira; presidente da Federação das Indústrias de MS, Sérgio Longen; superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça; e o reitor da UFMS, Marcelo Turine; além de prefeitos, empresários e conselheiros do Sebrae, entre outras autoridades.

Comentários

Comentários