As Dez Mais

Quinta-feira, 24 de outubro de 2019.

Primeira:

Depois da destruição que duas inexperientes mulheres fizeram na Creche Zedu – que era um modelo em educação infantil do Estado – a Secretaria de Educação está pensando em remodelar o local para que ele volte aquilo que era antes delas.

Segunda:

A ideia é apagar a infeliz memória dos tempos atuais eivados de desmandos e tratamentos desrespeitosos à professores do local. A coordenadora caiu nas malhas do Ministério Público e foi denunciada por profissionais da Educação pela sua forma desrespeitosa e covarde de tratar as integrantes da equipe de trabalho. A Zedu foi reduzida ao desastre educacional. A coordenadora se gabava de ser “cupincha” da Secretária de Educação.

Terceira:

Colocou ‘stent’ ontem e está na UTI da UNIMED em recuperação o nosso querido Marcelo Salomão, superintendente do PROCON/MS. Ele se sentiu mal e foi internado às pressas.

Quarta:

Quem também foi operado às pressas, foi o secretário-Adjunto da Secretaria de Governo, Flávio Cezar. Em visita ao interior ele se sentiu mal e teve que operar a vesícula. Está bem e já falando em voltar ao trabalho.

Quinta:

Flamengo deu uma “carretilha’ no Grêmio. Foi daquelas de fazer o Renato Gaúcho ir pro Sul de carriola. Ontem o Mengão surrou o Grêmio por 5 a zero. Maracanã com público de 70 mil pagantes; Renda de 18 milhões; Campeão antecipado do Brasileirão e candidatíssimo a ganhar a Libertadores. Sigam o líder.

Sexta:

Erro de delegado e cochilada de Promotoria induziram o juiz da 2ª Vara Criminal de Campo Grande a dar progressão de regime a um assassino. O vagabundo está solto e assaltando motoristas de aplicativos. Essa é mais uma para a “cadernetinha” do CNJ, que precisa fazer uma correição no Cartório da Comarca local.

Sétima:

Advogado de Jamil Name conseguiu furar a fila de precatórios com uma mentira. Disse ao TJMS que seu cliente estava com sérios problemas de saúde. Foi assim que passou na frente de todos e recebeu R$ 8 milhões, dos R$ 25 milhões do título. O GAECO desnudou a farsa.

Oitava:

O Dr. José Esbalqueiro, juiz da 1ª Vara de Execução Penal de Campo Grande, mandou recolher o médico Alberto Rondon, que mutilou muita gente com suas operações plásticas na década de 90. Pelo menos 16 vítimas foram relacionadas no processo. Em 2011 o Dr. Rondon havia sido condenado a 40 anos de prisão, mas teve a pena reduzida.

Nona:

Alberto Rondon retalhou muita gente com suas operações plásticas. Está condenado a 13 anos e 6 meses de cadeia. O regime inicial é fechado. Ele foi preso ontem pela Polinter.

Décima:

A megasena vai correr hoje. Prêmio da rodada R$ 25 milhões. No último concurso realizado na terça-feira, ninguém acertou a Sena. A quina pagou mais de R$ 31 mil para 52 apostadores. Faça sua fezinha.

CHICOTADA DO DIA!.

Moradores do Assentamento Lambari denunciam que a Energisa não resolveu a entrada da alta tensão. O equipamento que existe está enferrujado e caindo. O fio de alta-tensão poderá – se cair – fazer vítimas e matar pessoas. Os técnicos estiveram por lá e disseram que o reparo deve ser feito com caminhão. A falta de assistência e os preços que estão assustando os consumidores precisam de soluções urgentes. Pelo desmando e ineficiência a Energisa merece hoje a nossa “tripla” chicotada.

ANIVERSARIANTES!

Manu Contar; Dr. Alexandre Raslan; Denise Barros Cunha; Rosa Martinez e Lucas Abes Xavier.

MEUS AMIGOS:

Dr. Julio Cesar: de Terenos; Jota do Assentamento Lambari; Edio De Souza Viegas: sub-secretário de Educação do Estado; Ivanor; Lincoln Fonseca; Jornalista Jota Menon; Radialista Claudio Craveiro: Votuporanga; Dirceu Corinthiano e o pessoal da Comgraf; Nelson Cintra: Pecuarista de Porto Murtinho; Taciane Flamenguista: assessora do deputado Cel. David: flamenguista.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuui

Comentários

Comentários