AS ’10’ MAIS

AS ’10’ MAIS

Terça-feira 01 de Março de 2016.

1ª)

Na bolsa de apostas para saber ‘quem sai’ e ‘quem fica’, 80{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} dos apostadores acham que Alcides Bernal não se sustenta com essa administração ‘chinfrim’ que além de juridicamente imperfeita, conduziu Campo Grande ao caos.

2ª)

Com bem disse a Ana Rita no nosso programa de hoje na Difusora: “O que restou de Campo Grande está sendo mal administrado”. em relação à buracolândia ela disse: “Não temos mais ruas. Temos buracos com resquícios de ruas!”. O caos está por toda parte. Saúde doente sem médicos e medicamentos além de atendimento precário; Escolas da Reme com professores e diretores perseguidos e mal pagos, sem kits escolares e sem merenda; Ruas que são resquícios do que foram no passado.

3ª)

O deputado estadual Marquinhos Trad deu hoje ‘bye-bye’ para o PMDB. Vai ficar uns dias conversando e analisando propostas. À princípio se pensava que ele fosse para o PSD, mas os convites são tantos que ele irá estudar detalhadamente cada um. Portanto, garantir que ele irá para o PSD é dar um tiro no escuro.

4ª)

Marquinhos tem até o dia 19 para decidir que rumo vai tomar. Alguém me contou que ele e o governador Reinaldo Azambuja marcaram encontro para bater um papo. É possível que, dessa conversa, Marquinhos acabe sendo convencido a ir para o PSDB. Aí amigo, falar em eleição municipal em Campo Grande vai ser até covardia.

5ª)

O ‘troca-troca’ também vai mudar as bancadas na Câmara Municipal. Dizem até que o Coringa poderá trocar o PSD pelo PSDB. José Chadid já confirmou a volta ao ninho tucano e está sendo recebido com uma grasnação danada. O bom filho à casa torna.

6ª)

Ontem saiu discussão da ‘braba’ na reunião a portas fechadas entre o reconduzido e o presidente da ACP. Hoje tem reunião do professorado para definir rumos. A greve parece inevitável.

7ª)

Caiu o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. Ele não agüentou as pressões do PT que insiste num ministro que coloque freios na Polícia Federal.

8ª)

Outro que está com os ‘dois’ pés no PSDB é o deputado federal Geraldo Rezende, de Dourados. Ele é cotado como pré-candidato para prefeito daquela cidade e tido como imbatível entre todos os nomes que já apareceram naquele cenário.

9ª)

Se Geraldo Rezende se eleger prefeito em Dourados, a Câmara Federal poderá ter de volta um dos grandes deputados federais sul-mato-grossensea: Fábio Trad. Aliás, Fabinho tem dois caminhos: Voltar à Câmara com a vitória de Rezende para prefeito em Dourados, ou virar desembargador indicado na vaga da OAB para o TJMS.

10ª)

Amanhã é outro dia de ‘Pinga Fogo’ no programa BOCA DO POVO da Super Rádio DIFUSORA (AM-1240KHz). Está marcada entrevista com o senador Delcídio do Amaral, direto de Brasília. Todas as perguntas serão respondidas, garantiu ele em contado com nossa redação. Hoje a entrevistada foi a vice-governadora e Professora Rose Modesto. Ela deu um show de simpatia, amadurecimento político e saiu de lá deixando saudades.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários