AS ’10’ MAIS

Quarta-feira, 06 de Abril de 2016.

1ª)

A ENZO VEÍCULOS foi pega ontem furtando energia da ENERGISA. O desvio ‘é’ milionário. O grupo é remanescente da antiga VEIGRANDE que deu tombo no fisco estadual e federal, e a empresa atual é a principal financiadora da campanha política do deputado estadual Márcio Fernandes.

2ª)

O estranho foi o silêncio da imprensa sobre o furto de energia que a ENZO VEÍCULOS foi flagrada ontem. Só o JNE falou disso hoje. Os demais silenciaram. Se fosse um pobrezinho pego furtando energia na certa estaria com a cara estampada nas páginas policiais.

3ª)

O deputado estadual Márcio Fernandes pode ter sido financiado com grana da ENZO VEÍCULOS proveniente do desvio de energia da ENERGISA. Os donos da empresa são primos do deputado, e ele ficou quietinho até agora sem dar qualquer satisfação. Embora não esteja nessa ‘bagaça’, ele precisa falar alguma coisa convincente para não se envolver nessa caso que é escabroso.

4ª)

A delegada de polícia Célia Maria Bezerra da Silva apreendeu de 3 metros de cabo de energia que estaria sendo usado para o furto. O gerente da empresa, Gabriel Assef Serrano disse que o ‘show-room estava desativado a cerca de 1 ano’ tentando sair da saia justa. É sempre assim.

5ª)

Faleceu na tarde de ontem no Proncor o ex-deputado estadual Valdomiro Gonçalves, que tinha o apelido de ‘Juruna’. Era natural de Cassilândia, foi deputado no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e faleceu aos 84 anos de idade. Valdomiro é uma daquelas pessoas que marcou profundamente a vida sociel e política deste Estado. À família enlutada as nossas condolências.

6ª)

A Câmara Municipal de Campo Grande devolveu a ‘batata quente’ do aumento escalonado para o prefeito reconduzido Alcides Bernal. Ele queria enfiar os vereadores nesse rolo de aumento escalonado, mas o SISEM foi mais forte e pressionou para que o projeto do prefeito fosse devolvido. Como diz o Pedra: “Dinheiro tem”.

7ª)

Sem aumento e com autorização legal para a greve, os servidores administrativos da Prefeitura de Campo Grande agora vão parar tudo. É um ‘xeque-mate’ no prefeito que ele não tem para onde sair. Os vereadores foram na medida certa, e Bernal – que pariu Mateus – que o embale.

8ª)

O deputado estadual Coronel Davi dos Santos faz hoje sua primeira sessão legislativa. A posse foi ontem e esteve concorrida com a presença de amigos, familiares, admiradores e autoridades. A articulação política para que ele assumisse foi manobrada espetacularmente pelo Sérgio de Paula, da Casa Civil, atendendo ao governador Reinaldo Azambuja.

9ª)

O presidente da Câmara João Rocha se declara hoje no Correio do Estado “estarrecido” com a incompetência administrativa de Alcides Bernal. Projetos encaminhados à Casa estão com prazos vencidos e outros fragmentados. Ontem a prefeitura chegou protocolar projeto com a sessão na Casa correndo. Rocha condenou a forma como está sendo feita a negociação salarial. “O prefeito pensa que isto aqui é brincadeira de criança, e vai pagar caro por isso”, disse o João.

10ª)

Hoje é dia de galinhada no Paço Municipal. O SISEM está patrocinando o ‘rango’ para que todos encontrem motivações de ir e protestar contra a forma desumana e desleal do prefeito em tratar assunto importante como a negociação salarial na base do ‘chute’. A tendência é que a administração pare de vez com outras categorias seguindo as que já pararam de trabalhar. Se Bernal não der jeito, vai sair do cargo pela porta dos fundos.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários