AS ’10’ MAIS

Segunda-feira, 14 de Março de 2016.

1ª)

A festa do PSD sábado na Câmara Municipal foi belíssima. O ingresso de Marquinhos Trad foi marcado por fortes manifestações. Seu irmão Nelsinho Trad disse que “Quem apostar numa briga entre os dois, vai quebrar a cara!”. Marquinhos é o pré-candidato do partido a prefeito de Campo Grande e tido como imbatível.

2ª)

Domingo foi dia de ir às ruas pelo ‘impeachment’. Campo Grande apresentou 14{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de sua população na Afonso Pena, sendo na proporção população/manifestantes uma das maiores do país. A manifestação foi ordeira. É o povo brasileiro pedindo novos rumos para o país.

3ª)

O deputado federal Carlos Marun esteve hoje em meu programa de rádio e disse que “Em 60 dias Dilma será expurgada do Planalto”. Justificou seu apoio a Eduardo Cunha dizendo que a junção povo/política é o coquetel explosivo que desaguará no ‘impeachment’ da presidente, e que só Cunha conseguiria manter a Câmara Federal na oposição para fazer aquilo que o povo brasileiro quer que se faça.

4ª)

A revista ISTOÉ da semana, mais uma vez destacou a delação premiada do senador Delcídio do Amaral, que falou sobre as propinas da Usina Belo Monte. A imprensa nacional comentou ontem que as denúncias de Delcídio merecem credibilidade porque ele era de dentro do governo e sabe coisas que até Deus duvida.

5ª)

Quem está procurando partido é o vereador Otávio Trad. Da primeira vez que tentou se filiar no PSD acabou barrado pelo próprio tio, mas há quem diga que ele vai tentar se filiar na última hora no partido e vai conseguir. Isso poderá suscitar críticas e enfraquecer a candidatura de Marquinhos Trad, afinal “é muito Trad num partido só”.

6ª)

Dilma acompanhou as movimentações de ontem no país através de uma bem montada assessoria no Palácio da Alvorada. Se reuniu com os ministros mais chegados e hoje prepara um contra-ataque para não cair. Esta semana a Câmara Federal começa movimentar o ‘impeachment’ que salta do desejo do povo para a realidade.

7ª)

Sábado o PMDB reconduziu o vice-presidente Michel Temer num clima de aparente cordialidade, mas há quem garanta que em no máximo 30 dias o partido estará na oposição. Temer ainda tenta colocar ‘panos quentes’ por uma questão de ética, mas a convivência PMDB/PT já chegou ao fim.

8ª)

Lula virou uma ‘jararaca’ brava de rabo quebrado e desesperada por uma saída. O governo Dilma está se derretendo. Ele está cotado para assumir um ministério e ganhar foro privilegiado para não ser preso. Dilma mandou que ele escolha para onde quer ir para salvar a sua pele e a do governo. É um clima de guerra aonde quem puder mais vai chorar menos.

9ª)

Em Aquidauana a situação política também não está diferente. O PSDB vai levar para lá a Caravana da Saúde, e vai aproveitar para lançar um nome para a prefeitura da cidade. Comentário forte que Odilon será o candidato tucano, e já tem muita gente apostando nesse ‘taco’. A cidade ficou esquecida, e a palavra de ordem do governador é recuperar o tempo perdido.

10ª)

O editorial de ontem da revista BOCA DO POVO pegou na veia. Ele diz que Alcides Bernal vale mais hoje como prefeito de uma cidade que descambou para o caos, que fora do cargo se fazendo de vítima, e que justamente por isso, deverá ser mantido para que o povo tome conhecimento das suas ‘potencialidades administrativas’. Bernal virou a ‘fada madrinha’ dos seus adversários. Tirá-lo do cargo seria dar milho a ‘bode’. Ele precisa ficar para que o próprio povo o desmascare como administrador.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários