Agência dos Correios de Quebra Coco, fecha as portas

Mais uma agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafo foi encerada ontem, 31 de maio. Desta vez foi a agência no distrito de Quebra-Côco, município de Sidrolândia. É a quinta agência fechada em MS desde o ano passado e mais quatro estão previstas para serem fechadas.

Com 2.000 habitantes e há trinta quilômetros da cidade de Sidrolândia, o distrito de Quebra-Côco tinha na agência dos Correios sua única opção para serviços bancários, como pagamento de contas, recebimento e transferência de valores, recebimento de aposentadorias. Com o fechamento, também encerra a possibilidade de compras, através de encomendas, pela internet.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Mato Grosso do Sul lamenta esse fato e tem denunciado continuamente o processo desmonte dos Correios em todo país. O governo Temer abandonou completamente o princípio da função social dos Correios e com o falso argumento de uma crise na empresa, na verdade promove seu desmonte para privatizá-la atendente aos setores empresariais que lhe dão sustentação. O trabalhadores dos Correios defendem a volta do princípio da função social dessa estatal e contra o fechamento das agências em todo país.

Lamenta também a total falta de interesse e articulação da maioria dos parlamentares federais e estaduais, bem como do governo estadual e prefeituras, que nada fazem para impedir esse retrocesso que penaliza sobretudo a população, apesar de comunicados e sabedores da situação. A inoperância de nossos políticos é responsável por isso, lamentavelmente.

Comentários

Comentários