Advogado alvo da Operação Capitu joga dinheiro na privada

Foto: Polícia Federal/Reprodução / G1 MG

BELO HORIZONTE-MG (Correspondente) – O advogado Mateus de Moura Lima Gomes, preso na Operação Capitu da PF, deflagrada nesta sexta-feira (9), tentou se livrar de R$ 3 mil reais jogando o dinheiro na privada no condomínio Vale do Sereno, em Nova Lima, Belo Horizonte/MG onde reside. Gomes já foi vice-diretor da CEMIG.

Comentários

Comentários