Acusado de fazer parte de grupo terrorista é transferido para a Penitenciária de Campo Grande

FOTO: DIDA SAMPAIO/AE / Estadão

SÃO PAULO-SP (Correspondente) – Jhonathan Sentinelli Ramos (23) está sendo transferido para o presídio federal de Campo Grande, após autorização da Justiça do Rio de Janeiro. Acusado de ligação com o grupo terrorista do Estado Islâmico.

O suposto terrorista é denunciado com mais 11 brasileiros. O MPF declarou que houve uma tentativa do grupo criminoso de recrutar jihadistas da Síria, para possíveis atentados no Brasil. A Polícia Espanhola iniciou as investigações em 2016 e descobriu um grupo de WhatsApp que estava recrutando terroristas da Síria, Turquia, Líbia, Afeganistão e Estados Unidos. A PF esteve acompanhando toda a investigação em decorrência da Operação Átila que prendeu 7 pessoas. Um dos presos é Welington Moreira de Carvalho (46), que se encontra detido no presídio da Capital.

A acusação que recai sobre os réus é de promover o terrorismo e dissimilar mensagens extremistas.

Comentários

Comentários