Veto ao Projeto de Lei que institui a Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural é rejeitado

O veto do Executivo Municipal ao Projeto de Lei nº 8.431/17, de autoria do vereador Otávio Trad (PTB), que Institui a “Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Campo Grande-MS” foi rejeito por 23 votos durante sessão ordinária de terça-feira (27).

O Projeto foi aprovado por unanimidade em sessão ordinária do dia 4 de Maio de 2017, após ter recebido parecer favorável da Procuradoria Municipal da Câmara de Vereadores, da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final e da Comissão Permanente de Cultura da Casa de Leis. Em todas as comissões, o projeto recebeu parecer favorável de todos os membros.

Conforme norma, durante período de sete dias no mês de Agosto, serão realizadas palestras e oficinas em escolas da Rede Municipal de Ensino (REME) para apresentar aos alunos os imóveis e bens que constituem o patrimônio histórico de Campo Grande, e também serão desenvolvidas atividades culturais nos locais tombados como patrimônio histórico e cultural da cidade.

Durante seu pronunciamento, em defesa da rejeição do veto, o vereador Otávio Trad defendeu a importância da aprovação projeto para garantir a preservação da cultura de Campo Grande e dos monumentos e locais que constituem o patrimônio histórico. “O projeto tem como objetivo preservar nossa cultura, nosso patrimônio histórico, por isso a ideia de realizar, nas escolas da Rede Municipal de Ensino, palestras sobre patrimônio histórico e cultural da cidade durante uma semana no mês de Agosto. O que nós queremos é contribuir para preservação e valorização do nosso patrimônio, da nossa cultura.”.

Comentários

Comentários