Vereador Chiquinho Teles destaca o balanço positivo de Marquinhos Trad

Ao avaliar os primeiros 100 dias da administração Marquinhos Trad (PSD), o vereador e líder do prefeito na Câmara Municipal, Chiquinho Telles (PSD), considerou o balanço “positivo”.

Apesar do quadro caótico que herdou, ressaltou o parlamentar, o prefeito nesses primeiros 69 dias úteis de governo conseguiu quitar os vencimentos em atraso com o funcionalismo, pagando inclusive o 13º de 2016. Ele lembrou que foi deixado pela gestão anterior um caixa de R$ 37 milhões, e no dia 5 do mês seguinte Marquinhos teve que encarar R$ 111 milhões para pagar. “Não foi fácil, a situação exigiu milagres, impedindo que ele implementasse tudo o que pensa para Campo Grande”, lamentou.

A atual administração até agora já conseguiu tapar mais de 85 mil buracos. O vereador apontou ainda entre as ações a regularização da merenda e entrega de uniformes para as crianças da Rede Municipal; abastecimento dos postos de saúde com medicamentos; aquisição de quatro novas ambulâncias para o Samu, entre outros.

Muito importante também, na opinião do vereador, é a integração que existe hoje entre o Executivo e o Legislativo. Graças ao relacionamento harmônico vários projetos importantes foram aprovados pela Casa de Leis. “Se fosse em outros tempos, quando não havia entendimento entre esses poderes , tais projetos ainda  estariam tramitando”, observou.

Conforme Chiquinho Telles, nestes primeiros 100 dias, “Marquinhos já veio na Câmara mais que os outros prefeitos vieram em quatro anos. Hoje, constata-se que existe a confiança entre os dois poderes, que são independentes, mas precisam ser harmônicos”.

O papel do vereador é fiscalizar e fazer leis, já o Executivo é executar e enviar para o Legislativo projetos transparentes, com a presença do secretário, como tem feito o prefeito Marquinhos. De acordo com o vereador, esta aproximação do Executivo, explicando ao Legislativo qual é a importância de tal projeto,  torna tudo mais fácil, e quem ganha com esta postura é a nossa Capital.

 

Críticas

Com relação às críticas dirigidas a algumas pastas da atual administração, Telles argumentou que é necessário ter paciência, dar tempo para que o trabalho flua de forma satisfatória. Constata-se algumas dificuldades na Assistência Social, Secretaria de Saúde de Campo Grande (Sesau) e na Secretaria Municipal de Educação (Semed), esclareceu o vereador, e isso ocorre porque são onde concentram o maior número de pessoas e gastos. Ele acredita que logo tudo vai se adequar e corresponder às expectativas.

O parlamentar acredita que até final do ano, o prefeito Marquinhos vai conseguir entregar à população as obras dos Ceinfs, conclusão de grande importância pois se verifica mais de nove mil crianças na lista de espera por uma vaga em creche. “Até final de maio, serão entregues pelo menos três Centros de Educação Infantil”.

Outro avanço comemorado pelo vereador refere-se aos 22 processos de abertura de empresas enviados à Câmara, que vão gerar 780 empregos. Ele lembra que faz tempo que a Capital não gera empregos com instalação de novas empresas.

A construção do Shopping das Moreninhas, informou, vai gerar mais de mil empregos diretos e indiretos, com investimento superior a R$ 100 milhões. Para o vereador, “isso é possível porque a atual administração resgatou a credibilidade e gradativamente vai implementar seu plano de governo para Campo Grande”.

 

 

Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Comentários

Comentários