Travesti mata companheiro com uma facada após discussão

Foto: Jovem Sul News

CASSILÂNDIA-MS (Correspondente) – Antônio Valdenir Alves foi vulgo “Vozinho” foi assassinado a facadas no sábado (8), em Cassilândia/MS. O travesti conhecido por Samila confessou o homicídio. Informações são de que o casal começou a discutir e em meio ao calor dos ânimos a autora desferiu uma facada no peito da vítima, que foi socorrida ao hospital mais não resistiu e veio a óbito. A faca usada no crime foi encontrada num balde. Samila foi presa e alegou que matou para se defender das agressões que vinha sofrendo de Antônio.

Comentários

Comentários