Tiros, pânico e morte no cinema do Shopping de Dourados

Foto: Gizele Almeida/Dourados News

DOURADOS-MS (Correspondente) – Júlio César Cerveira Filho foi morto na tarde de segunda-feira (8) em uma das salas de cinema do Shopping do Município. A vítima estava assistindo a sessão quando se desentendeu com um policial militar sobre um assento. No calor da discussão o homem levou um tiro no peito que transfixou o pescoço. O autor dos disparos foi identificado como Dijavan Batista dos Santos (37) e alegou legítima defesa. O acusado é Policial Militar Ambiental e foi preso em flagrante. Os bombeiros foram acionados, mas Júlio já se encontrava em óbito. No momento a sala estava repleta de gente inclusive crianças, que assistiam o filme “Homem Aranha longe de Casa”. A direção do cinema não comentou sobre o caso. A Perícia esteve no local e após os trabalhos de praxe encaminhou o corpo ao IML.

CASO

De acordo com o advogado do PM, na tarde de segunda-feira (8) o cliente foi ao cinema acompanhado dos filhos de 14 e 9 anos e teria feito a aquisição das poltronas 9,10 e 11 na fileira sete. Na entrada encontrou Júlio em outro assento ao lado da filha adolescente se acomodou e deixou os meninos ao lado do dele. No desenrolar da sessão a vítima teria provocado o filho do policial abrindo as pernas e braços, fazendo com que ambos mudassem de lugar. Houve uma discussão e Dijavam teria sido agredido a socos tendo o óculos quebrado. Na sequência Júlio se levantou para sair da sala e desferiu um tapa no rosto do garoto. O suspeito ameaçou chamar a polícia e foi atrás da vítima. Na escadaria os dois entraram em luta corporal, momento que ocorreu o disparo fatal. O acusado ligou para a PM e foi encaminhado ao 1º Distrito Policial para prestar depoimento. A arma usada pelo policial não possuía registro e foi apreendida com 12 munições do mesmo calibre.

Dijavan foi autuado em flagrante ficará preso no quartel da PMA em Dourados até decisão judicial. Foi instaurado além do Inquérito Civil um procedimento para apurar o caso.

Comentários

Comentários