MP denuncia policiais por tortura de presos na Capital

Investigações apuraram que oito policiais civis de MS, entre eles delegados e investigadores são responsáveis por crimes de torturas, praticados provavelmente em unidades da Sejusp em 2016. Todos são réus nos processos. O processo do MP-MS tramita em segredo de justiça no qual descreve cenas de horror. Um dos presos torturados relatou que teve um objeto de metal introduzindo no seu ânus. Um outro detento relatou que teria ouvido de um policial que se não repasse a informação sobre os seus comparsas seria o próximo a ser enforcado numa das celas da delegacia. Há registro de um preso encontrado enforcado numa unidade prisional. De acordo com o GACEP os crimes ocorreram após a prisão de envolvidos em roubos a bancos em Sonora/MS. O caso tramita na 4ª Vara Criminal da Capital.

Comentários

Comentários