Guerra continua na fronteira e suposto ex-secretaria de Pavão é executado a tiros

Foto: Porã News

PONTA PORÃ-MS (Correspondente) – Hugo Orlando Escobar Ayala (39) foi executado a tiros nesta manhã de terça-feira (7), em Pedro Juan Caballero/PY. Ele é apontado como o secretário do narcotraficante Jarvis Chimenes Pavão, pois isso o homicídio pode ter ligação com um acerto de contas do crime organizado. A vítima estava abordo de uma caminhonete Toyota Hilux quando os criminosos o abordaram em uma Amarok e efetuaram mais de 20 tiros de pistola 9mm que morreu no local. Familiares estiveram no local e informaram que Ayala vinha trabalhando como funcionário em uma universidade de medicina e já havia sido preso em uma Operação da Senado, denominada “Capricórnio” no “El Hotel” situado na cidade paraguaia de Yby Yau . O caso está sendo apurado pela Divisão de Homicídios.

Comentários

Comentários