Cirurgião plástico é executado por pistoleiros na fronteira

Foto: Porã News

PONTA PORÃ-MS (Correspondente) – O Médico Jose Marcial Centurion Caceres (50) proprietário da Dermoclínica foi executado a tiros nesta tarde de terça-feira (11) quando saia de um plantão no Instituto de Prevision Social (IPS), em Pedro Juan Caballero/PY. Pistoleiros chegaram em uma moto e dispararam pelo menos 15 tiros de pistola 9mm contra o doutor. Ele chegou a ser socorrido por atendentes, mais não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo a caminho do hospital. Câmeras de segurança registraram toda a ação do criminoso que será usada na identificação do autor. Profissional reconhecido e conhecido na região de fronteira como especialista em colocação de próteses mamárias e demais procedimentos estéticos em pacientes do Brasil e do Paraguai. A Polícia Paraguai investiga o caso.

Foto: Porã News

Comentários

Comentários