O ex-prefeito Alcides Bernal é alvo mais uma vez de investigação do MPE

Mais de R$ 50 milhões 'retidos' em caixa motivam nova investigação contra Bernal Alcides Bernal (PP), ex-prefeito é alvo mais uma vez de investigação do MPE por suposta irregularidade cometida quando ainda administrava a prefeitura de Campo Grande. Segundo a nova apuração, Bernal teria retido em caixa R$ 53 milhões da Contribuição para o Custeio de Serviço de Iluminação Pública...

MPE ‘cobra’ na Justiça a Prefeitura da Capital por falta de estrutura na UPA Santa Mônica

Na mira da 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública, a Prefeitura de Campo Grande foi contemplada com mais uma investigação pela falta de estrutura nas unidades de saúde. A assessoria do MPE-MS informou que a titular da promotoria a promotora Filomena Aparecida Depólito Fluminhan propôs uma ação civil pública contra a Prefeitura, pela falta de médicos, equipamentos e enfermeiros...

MPE arquiva denúncia de nepotismo cruzado entre deputado e presidente do TCE/MS

O MPE arquivou em publicação datada de ontem (18/04), o inquérito civil que apurou denúncia de suposto nepotismo cruzado entre o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) e o presidente do TCE/MS Waldir Neves Barbosa referente as nomeações de Vanda Neves Barbosa, Vanda Neves Barbosa de Oliveira e Carolina Daniele Macena de Oliveira Rosa. “As diligências empreendidas pelo órgão executor foram...

Supersalários são encontrados no MPE

Em relação aos supersalários que são pagos a promotores e procuradores de MS, o CNMP fez severas recomendações a Procuradoria Geral de Justiça local. Entre as recomendações de ser mais transparente no cumprimento da Lei de Acesso à Informação, e parar de esconder ou disfarçar a remuneração de seus integrantes. Dentro das recomendações estão a ordem de detalhar se 15...

MPE apura falsificação de assinaturas em guias do IMPCG

Estão sendo apuradas pelo Ministério Público suspeita de fraudes em assinaturas de guias da Funserv (Fundo de Assistência à Saúde do Servidor Municipal de Campo Grande) do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) que é pago pelos servidores públicos municipais e também pelos servidores públicos da Câmara Municipal da Capital. De acordo com o inquérito civil instaurado na...

Extra: Eike Batista conduzido para depor na Polícia Federal

O Ex-bilionário Eike Batista deixou na tarde de hoje a Penitenciaria bandeira Stampa, no complexo Gericinó, em direção à Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, onde prestará depoimento sobre as acusações de pagamento de propina a políticos, reveladas pela Operação Eficiência. Fernando Martins, advogado de Eike disse que a princípio não há a possibilidade do empresário fazer uma delação....

Coffee Break é uma das mais grotescas barbeiragens do Ministério Público

Advogados denunciados na Operação Coffee Break receberam com alívio a decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de mandar arquivar procedimento de investigação criminal contra o deputado federal Elizeu Dionizio (PSDB). Contudo as críticas ao MPE não foram economizadas, pois acusaram vereadores, empresários e lideranças políticas sem nenhum fundamento. Na avaliação deles, o MPE apenas agiu para destruir a reputação...