Caçambas descumprem lei e sem fiscalização a Capital é tomada de Lixo

Desde que o aterro sanitário na cidade foi fechado a situação dos caçambeiros se tornou difícil. Sem onde jogar os entulhos, os caçambeiros descumprem lei e automaticamente o caos invade a Capital Sul-mato-grossense. Isto é constato na ocupação de entulhos em vagas de estacionamento de carros com entulhos e lixos domésticos, causando aos motoristas transtornos.

Antes da posse do Prefeito Marquinhos Trad (PSD) o mesmo afirmou no mês passado que pretendia exigir dos caçambeiros que os resíduos sejam depositados em terrenos ou canteiros e não nas ruas da Capital, como ocorre hoje.

A autorização para que as caçambas de entulho comercial, industrial e domiciliar sejam deixadas pelos caminhões em vagas de carros foi dado em março de 2010 pelo então prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho (PTB).

Na época, por meio de decreto, ficou determinado que as caçambas só poderiam ficar na rua se houvesse identificação do proprietário ou da empresa, informações sobre os resíduos transportados e ter 1,20m de altura. As regras também previam estacionamento perpendicular das caçambas em relação à calçada e manter distância da esquina de, no mínimo, cinco metros.

No decreto consta, ainda, que é proibido armazenamento de lixo doméstico e hospitalar nas caçambas, situação que atualmente, diante da quantidade de depósitos espalhados pela cidade, é descumprida.

 

Comentários

Comentários