BAIXO NÍVEL NA POLÍTICA: Deputado Federal desfaz de “moções” de vereadores e dá “corrida” em delegado

O clima político ferveu na tarde de quinta-feira (02/05). O deputado Federal Tio Trutis resolveu dar um “pega” no vereador Delegado Wellington e o nível baixou a ponto do deputado dizer que “moção tem menos serventia que papel higiênico”.

O Delegado Wellington, um campineiro cheio de graça e que tempos atrás ameaçou mandar prender pessoas que protestavam dentro da Câmara sentiu a pegada seca do deputado bolsonariano e preferiu não responder, certamente se precavendo de um repto maior e mais recheado do que foi o primeiro.

O CASO

Trutis iniciou a polêmica com uma postagem criticando a tal “Moção de Congratulações” e o vereador Delegado Wellington tomou as dores para si. Foi esse o estopim da bomba. Na ótica do deputado “seria melhor que moções dar a parte do agraciado em dinheiro”.

Usando um palavreado chulo o que demonstra parcos recursos orais, Tio Trutis terminou o texto mandando “enfiar” no “forévis” as tais moções.

O texto vazou para as redes sociais e diante da repercussão negativa o deputado Federal passou a receber inúmeras manifestações criticando sua atitude. À tarde o deputado Federal voltou a gravar nova manifestação dentro de um baixíssimo nível, inclusive ameaçando o delegado citando-o como um “mau exemplo de colega na polícia e péssimo vereador de mãos vazias”.

O assunto que parecia morrer no dia seguinte, voltou explodir ao ser levado ao ar dentro do programa “Boca do Povo” pela FM-101.9 com a fala sem cortes do deputado Federal e uma enquete para saber dos ouvintes quem concordava ou não Trutis ou Wellington.

Comentários

Comentários