As Dez Mais

Quarta-feira, 10 de julho de 2019.

Primeira:

O Brasil tem mais de 70 mil políticos. Se eles abrissem mãos de 50% das mordomias (carros, celulares, telefones fixos,  cafés, água, etc), em 1 ano o país economizaria meio trilhão de reais. Em 2 anos: R$ 1 trilhão. Não seriam necessárias: Reforma Trabalhista ou Previdenciária.

Segunda:

O grupo de trabalho da Câmara Federal que analisa o pacote anticrime rejeitou por 7 a 6 a prisão após condenação em 2ª instancia. A maioria considerou que a mudança somente pode ser feita por meio de proposta de Emenda à Constituição. Fábio Trad é um dos que votaram contra a proposta.

Terceira:

Sérgio Moro pediu afastamento temporário sem remuneração e sem o risco de perder o cargo para tratar assuntos particulares, mediante somente a autorização do chefe. Imaginem se a moda pega: são 30 milhões de servidores públicos entre civis e militares.

Quarta:

Em um supermercado do bairro Universitário fiscais do Procon/MS encontraram: 600 itens de 47 produtos diferentes, impróprios para o consumo humano, mas expostos à venda. Produtos apreendidos: 15 quilos de bisteca suína, 22 kgs de ponta de costela, 9 kgs de contrafilé, 7 kgs de picanha e 2 kgs de maminha. Até a ração para cães estava vencida. O local estava até com o alvará vencido desde fevereiro.

Quinta:

Justiça da Paraíba condenou homem a indenizar mulher por estelionato sentimental. A juíza Silvana Carvalho Soares observou que “o réu, entendendo os sentimentos da autora em relação a ele, praticou conduta ilícita consistente em exploração econômica, mediante ardil”; o réu é casado e pai de três filhos. Valor da condenação: R$ 55 mil.

Sexta:

Serão leiloadas oito aeronaves do Poder Público que estão em estado de deterioração e estacionadas em aeroportos do país. O edital de concorrência deve sair até o final desta semana e inclui sete aviões da Funai e um do Incra.

Sétima:

Professores invadiram hoje o Plenário da Assembléia Legislativa para pressionar deputados estaduais a não votar o Estatuto do Servidor Público que corta benefícios e privilégios.

Oitava:

Brasil consternado com a morte do Jornalista e apresentador de televisão Paulo Henrique Amorim. Ele estava com 77 anos de idade. Morreu nesta madrugada de infarto.

Nona:

O presidente do Sicredi Luiz Holfinger (57), que estava em tratamento para depressão, foi à uma reunião da Cooperativa em São Paulo e numa crise praticou o suicídio. Outra morte a lamentar.

Décima:

A violência na fronteira não deixa nem defunto descansar. Foi assassinado ontem em PJC o engenheiro agrônomo Hector Ruiz Duarte (44). Ele estava numa Toyota Hillux preta. Quando parou num semáforo o pistoleiro que o seguia crivou-o de balas. Atingido na cabeça e no peito ele morreu na hora.

CHICOTADA DO DIA!

O EPP (Exército do Povo Paraguaio) invadiu a Fazenda Nhandu’í, na colônia Ararokê, próxima a PJC e mataram o brasileiro Avelino Camargo, capataz da fazenda. Mulheres, funcionários e crianças viveram momentos de terror. A fazenda é dos brasileiros Darci e Iracy Antoniolli empresários em Ponta Porã e com madeireira em Sinop. Osvaldo Daniel Vilalba Ayala é um líder terrorista sanguinário que mata fazendeiros e empresários e expolia terras de estrangeiros. Investir no Paraguai: Pague para entrar e reze pra sair. Pela insegurança a Justiça de lá merece tripla chicotada.

Aniversariantes do dia!

Dra. Isabela Albieri; Marcela Belle; Paulo Dolzan; Renata Bossoi; Profa. Marilda Ramai; Arizinho Coelho; A lindíssima Rose Martins;

Meus amigos!

Amigo Júlio Martins, de Chapadão do Sul; Dr. Jericó Vieira de Matos; Dr. José Espíndola; Dr. Geraldo Rezende, secretário estadual de Saúde; Vanderlei Cabeludo; José Luiz Monteiro em Jau-SP; Alexandra do Consórcio Embracon; Tem. PM. Marcos Paulo; Tião Fotógrafo; Elson Pinheiro; Pessoal da Leroy Merlin.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários