As Dez Mais

Sexta-feira, 24 de maio de 2019.

Primeira:

Um milagre no rádio. Hoje o Programa Boca do Povo/FM-101.9, arrecadou em 9 minutos a quantia de R$ 15.500 reais. Um recorde dessa natureza no rádio sul-mato-grossense. A força do rádio a serviço da solidariedade. Muito obrigado aos empresários que colaboraram.

Segunda:

A “Ação Empresarial” feita pela FM-101.9 e revista BOCA DO POVO possibilitou a compra de um ônibus rodoviário para o Projeto Avivad, de Aquidauana. Investir na criança para construir um Brasil melhor é uma ação cristã. Estamos juntos.

Terceira:

Em Brasília voltou a discussão para prolongar os mandatos de prefeitos e vereadores, a fim de que coincidam com a eleição presidencial de 2022. O projeto vai na contramão da democracia que exige a prática do voto.

Quarta:

O Consórcio Guaicurús e a Prefeitura de Campo Grande sentaram e estabeleceram uma paz inteligente. Até novembro Campo Grande terá 55 novos ônibus coletivos. Quem ganhou com o entendimento foi o povo.

Quinta:

Começa hoje com a presenças de ministros o II Congresso Internacional de Direito Eleitoral. Será no TRE-MS, promovido pela Escola Judiciária Eleitoral. O grande homenageado será o Ministro Luiz Roberto Barroso, do STF, e vice-presidente do TSE. O evento começou as 8 da manhã no Plenário do TRE-MS. Todas as inscrições foram preenchidas.

Sexta:

O GARRAS investiga a possível existência de um “elo” entre guardas municipais e milícias que seriam responsáveis pelo arsenal apreendido domingo no Bairro Monte Líbano. Três GMs já foram presos: um em flagrante e outros dois por obstruir investigações.

Sétima:

A PF visitou a ex-candidata Gilsienny Arce Munhoz (PRB), que movimentou na sua conta eleitoral mais de R$ 761 mil reais, e teve “pífios” votos. Estão investigando as doações feitas pelo ex-juiz Odilon de Oliveira e pelo presidente do PRB Wilton Acosta. Acredita-se que Gilsy tenha sido “candidata-laranja”. Com toda essa grana ela obteve só 491 votos.

Oitava:

Outra candidata que também caiu na investigação da Polícia Federal é a Tatiane da Mateira (PROS). Ela e Gilsy tiveram pífios votos e movimentaram fortunas. A denúncia saiu no prestigioso jornal paulistano Folha de S. Paulo.

Nona:

Da Bancada de MS quem votou para tirar o COAF das mãos do Ministro Sérgio Moro foram: Beto Pereira, Bya Cavassa e Vander Loubet. Eles estão sendo ‘fritados’ nas redes sociais.

Décima:

O Governo do Estado colocou hoje para circular, mais uma edição da belíssima revista MATO GROSSO DO SUL. A capa está linda com impressão em textura alto relevo. O assunto de capa é “A rota dos Ipês”. Uma publicação que corresponde à expectativa sobre a beleza deste Estado. Ao amigo Sérgio Gonçalves obrigado pelo exemplar e parabéns à toda sua equipe.

CHICOTADA DO DIA!

O Procon-MS realizou uma “blitz” no Sushi Bamboo, na Ceará, e flagrou irregularidades prejudiciais aos consumidores como: cobrança exagerada, rodízio com cobrança extra, falta de informação sobre taxa de serviço e forçasão de barra para ‘tirar mais do cliente’, além de uma taxa de R$ 10 reais para quem optar pagar com cartão: uma pratica considerada abusiva que gerou reclamações e denúncias. Os restaurantes desta Capital – em sua maioria – são um exagero. Sair à noite para jantar é se aborrecer com determinados lugares. Merecem nossa “tripla” chicotada.

ANIVERSARIANTES DO DIA!

Nosso amigo radiodifusor Luciano Barbosa Rodrigues; Empresário Ricardo Figueiró; Dr. Jacy de Souza Freira; Maria Auxiliadora Caminha e Maria Luiza Sturk.

Meus amigos!

Ex-deputado e pecuarista Ary Rigo; Sérgio Gonçalves da Comunicação do Governo; Pastoras Michela Dutra, Márcia Mega; Joelma Teodora; Empresário Quirino Pícolli, Aroldão e Meio-quilo; Gedilce do Assentamento Patagônia; Deyse Arruda de Paula da Lotérica Pé-quente, no Comper da Tamandaré; Paulo Pedra da Rainha da Pizza; D. Beth e seu esposo Cassiano da MetalLu; Acadêmica de direito Andréia Olarte; Prof. Juliana; Profa. Paola de Lima; Diego Aranda, da Agepen; Tânia Ferrari, de Aquidauana; Ninho empresário da dupla Jads e Jadson; Manutti que estará domingo no Porco no Tacho na Chácara da Antártica; nosso amigo empresário Paulo Raff.

Segunda eu volto

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários