As Dez Mais

Sexta-feira, 26 de abril de 2019.

Primeira:

Caiu o diretor de Comunicação e Marketing do Banco do Brasil, Delano Valentim, insistiu naquela velha fórmula publicitária de unir a imagem do banco com a diversidade. O comercial foi vetado pelo presidente Bolsonaro e Delano demitido. Bolsonaro disse que “O Brasil não pode ser País do mundo gay”.

Segunda:

Quem ainda não definiu o que fazer do seu mandato até agora é o vereador Eduardo Cury. Ele chegou ao poder pela segunda vez graças ao “milagre” da suplência, mas continua cometendo os mesmos erros do passado que o impediram de se reeleger. Analistas políticos dizem que Cury precisa se precaver porque a sorte não fica batendo na mesma porta a toda hora.

Terceira:

Comentários de ontem pelos corredores da Assembléia, eram de que o deputado estadual Cel. David agendou e conseguiu ser recebido pelo presidente Bolsonaro. Dizem que David levou uma “maleta” de deduragens internas do PSL daqui…

Quarta:

Deputado Federal Dr. Luiz Ovando viu ontem sua obra-prima legislativa coroada de êxito. O Presidente Bolsonaro assinou o decreto que extinguiu o Horário Brasileiro de Verão, resquício da ditadura Vargas, que durou 88 anos.

Quinta:

Ficou péssima a imagem da Polícia Legislativa barrando de forma violenta os policiais Civís que foram protestar ontem na Assembléia Legislativa. As cenas de “pugilato” estão correndo soltas nas redes sociais. Dizem que o “bate-paus” seguiram as ordens da Presidência.

Sexta:

Toda a imprensa está intrigada com uma notícia que saiu no site de um ex-assessor de ex-deputado estadual não reeleito, e que não permaneceu publicada nem por duas horas. Dizem que alguém viu o assessor do ex-deputado saindo de certo gabinete antes da notícia virar fumaça.

Sétima:

O Partido progressista continuou na mão de Alcides Bernal em nosso estado. A debandada promete ser geral. A primeira janela para a diáspora será a de vereadores. O PP vai perder 16 deles em nosso estado. Os dois deputados estaduais vão esperar o momento oportuno.

Oitava:

Dos 79 diretórios do Partido Progressista em nossos municípios só “dois” estão funcionando. O “PP” está abandonado. Alcides Bernal segue desobedecido e desmoralizado, mas a Nacional prefere apostar numa acomodação que não acontecerá. É o fim do partido para as próximas eleições em Mato Grosso do Sul.

Nona:

A gasolina e o diesel que já estão com preços insuportáveis vão ficar mais salgados a partir de 1º de maio. A culpa pelo futuro aumento recairá na base de cálculo do ICMS que subirá 4,29%.

Décima:

Em Aquidauana a Polícia Civil fechou uma boca-de-fumo que funcionava num local perigosíssimo para essa atividade: defronte ao presídio da cidade.

CHICOTADA DO DIA!

As empresas aéreas brasileiras, que sempre fizeram o que quiseram no setor, agora “trombaram no farpado”. O Senado aprovou ontem o texto final da MP 863 que permite 100% de capital estrangeiro no setor. De “japa’ autorizou passageiros transportar de graça mala de até 23 quilos. Falta votar o Projeto na Câmara e no Senado. Aquelas mentiras respaldadas pela ANAC, de que cobrança adicional reduziria o preço das passagens vão virar fumaça. Rodrigo Maia (…aquele almofadinha presidente da Câmara Federal), havia engavetado esse Projeto desde 2016. Isso é uma vergonha.

ANIVERSARIANTES DO DIA!

Jornalista Carmen Cestari; Kátia Shiraishi; Cici da Silva; empresário Mauro Bezerra Arruda; Dr. Flávio Renato de Lima; Tânia Ramos, nossa ouvinte em Ponta Porã; Fernanda Alves e Soraya Dibo.

MEUS AMIGOS!

Ailton Ferreira e Jorge Otubo; dep. Evander Vendramini; Rubão que está trazendo Eduardo Costa dia 3 no Ondara; Meu querido Barretinho: precisou de frete é com ele mesmo; Darlan Briato: convidando a todos para a Oktoberfest no CTG Tropeiros da Querência dia 26; Jor. Dimas Braga da revista IFNEWS; Almirzinho de Almeida, agora com visual 2019 “sem barba”; Tânia Ferrari, nossa ouvinte em Aquidauana.

Segunda-feira eu volto.

Fuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários