As ‘DEZ’ Mais

Sexta-feira, 20 de maio de 2016.

1ª)

O prefeito reconduzido Alcides Bernal está dizendo na televisão em horário da propaganda política gratuita do Partido Progressista que “já tapou 100 mil buracos”. Como há uma estatística de que existem pelo menos 500 mil buracos na cidade, ele tapou 20{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} dos que existiam, ou de cada 10 buracos existentes ele tapou apenas ‘dois’.

2ª)

Como Bernal abusa de propagandas falsas que não espelham a realidade de sua administração caótica, andou espalhando em outdoors o “fim das filas nos Postos de Saúde”. Pelo menos, enquanto estiver por aqui a Caravana da Saúde, os postos ficarão sem filas. Aliás, de tanto insistir e não ser atendido nos postos da SESAU, os campo-grandenses estão apelando para ‘rezadeiras’ e ‘benzedeiras’.

3ª)

A coisa tá preta e tá feia. Os números do desemprego no Estado são alarmantes. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios constatou que existem 100 mil desempregados em Mato Grosso do Sul, a maior taxa histórica desde 2012. No setor industrial foi registrada a maior queda do número de empregos: 11,4{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. E ainda vem a FIEMS dizendo que “tá tudo bem!”

4ª)

Final de semana a Caravana da Saúde, no Albano Franco, pode bater um novo recorde de atendimento. Estão previstas caravanas de pessoas vindas de outros municípios que formam a nossa microrregião. O povo não cansa de elogiar a qualidade de atendimento e a iniciativa do governador Reinaldo Azambuja, que acabou com a ‘fila da vergonha’.

5ª)

A polícia está impressionada com o número de pessoas pegas em ‘maracutaias’ no governo de Puccinelli. Quase em sua totalidade estão residindo no luxuoso Dahma. Alguém já deu a idéia da polícia mandar instalar uma grade em volta do condomínio e deixar de procurar culpados, com raras exceções.

6ª)

A Energisa estima que perdeu ‘meio bilhão’ com fraudes de consumidores desonestos. Na verdade a concessionária não perdeu nada porque ela ‘sociabiliza’ aquilo que é roubado e distribui equitativamente para cada consumidor. Aqui o honesto paga a mais por ser honesto. E quando a Energisa pega o ladrão, fica com o dinheiro quando deveria dá-lo em desconto àqueles que pagaram a fraude.

7ª)

Amanhã vai ter gasolina sendo vendida a 1,99. É o ‘Dia sem imposto’ que é o que está comendo o povo brasileiro por uma perna. Os medicamentos pagam 46{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de imposto, e a fila segue com o brasileiro trabalhando 126 dias por ano para pagar a conta do desgoverno. Sonhar com um Brasil sem imposto é conversa pra boi dormir.

8ª)

Agora nos presídios do Estado a moda é o ‘Gatorade’. Uma invenção diabólica que nada mais é que um coquetel de drogas que mata só pra ver o tombo. Ontem mesmo um preso em Dourados embarcou desta para a melhor por causa da brincadeira. Ele viajou no ‘barato’ e esqueceu de voltar. Como dizia a Tia Laura “Cabeça vazia é oficina do diabo”.

9ª)

A violência fez morada em nosso Estado. De janeiro para cá já são 202 mortes violentas contabilizadas na indústria do crime. Dessas 46 foram em Campo Grande. Ontem em Ponta Porã mataram a Sra. Valentina Marin Acosta, de 35 anos, que foi algemada e executada em Ponta Porã. Por lá o crime organizado age na base do ‘escreveu e não leu, o pau comeu’.

10ª|)

O Governo do Estado mandou pra rua 4 policiais civis pelos crimes de corrupção ativa e peculato – uso do cargo em proveito próprio. Foram demitidos: Radir Mateus Castro Freitas por furto de equipamentos do Instituto de Criminalística; Edson Alves Martins estava envolvido com tortura e a máfia dos caça-níqueis, além de Nélio César Leon e Iraceno Teodoro Alves. A ordem do governador é ‘limpar as fileiras’. Quem for pego entrando no SIGO para divulgar coisas sigilosas também vai pegar o caminho da roça.

Segunda-feira eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários