As Dez Mais

Quinta-feira, 05 de Outubro de 2017.

Primeira:

No alto escalão do Governo do Estado a ordem é cada um defender seu interesse. Nem falam mais a mesma língua. Comentário na Governadoria é que ontem houve ‘bate-boca’ entre Sérgio de Paula e Miglioli, e que os ânimos ficaram exaltados.

Segunda:

Desentendimentos governamentais demonstram a fragilidade reinante na equipe. Nesse clima de salve-se quem puder é que querem fazer a reeleição de Azambuja.

Terceira:

A idéia é encontrar algo grande e extraordinário capaz de dizer ao povo que Azambuja virou “o cara”. Ontem circularam rumores da possível montagem de uma estatal para prospectar petróleo e gás natural. O assunto está sendo pensado e repensado no alto escalão do governo.

Quarta:

Ninguém sabe se a idéia de uma petrolífera estadual dará certo, mas é um motivador gigante se der certo. Sugeriram ao governador dois nomes: Azampetro ou Petrobuja. O importante não é o nome, mas o impacto de fazer uma grande obra que ainda não aconteceu.

Quinta:

Na entrevista da manhã de hoje no meu programa na FM-101.9, o deputado Dr. Paulo Siufi (PMDB) respondeu de ‘bate-pronto’ uma pergunta que fiz fora do contexto: “Tem gente do PMDB sentado no colo do governo?”. A resposta foi seca e direta: Tem!. Vários!.

Sexta:

Na reunião do PMDB quem pulou com os dois pés em cima da mesa foi a senadora Simone Tebet. Enfrentou todo mundo, fez charminhos e exigências mostrando que “Ou é do jeito que ela quer, ou vai parar de brincar de eleição”.

Sétima:

A Energisa continua fazendo churrasco com ‘pé de frango’. Hoje pela manhã montou um “climão” em uma residência do Carandá Bosque, flagrada furtando energia. Chamou de polícia à imprensa e parou a Hiroshima. Huuummm…

Oitava:

Na Sejusp novembro é mês de ‘troca-troca’: Sai Barbosinha – especialista em água tratada e saneamento básico – e entra o Cel. PM. David: profundo conhecedor de segurança pública. Se tivessem tido a sorte de fazer essa modificação há muito tempo, o governo estadual estaria melhor no item segurança pública.

Nona:

Barbosinha viu que, se depender de Segurança Pública, não mais se reelegerá. Suas conquistas no setor foram pífias. Sai deixando uma população insatisfeita com os resultados. Isso para não falar a nível de servidores…

Décima:

O terrorista condenado a prisão perpétua na Itália Cesare Batisti foi preso ontem tentando sair do Brasil pela Bolívia com euros e dólares na cueca. Coisa boa o Batisti não iria estar fazendo no país vizinho.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários