As Dez Mais

Quarta-feira, 04 de Outubro de 2017.

Primeira:

Um cabo da Polícia Militar do MS ficou ‘seis’ anos dirigindo viaturas sem ter Carteira de Motorista. Ele só foi pego porque provocou um acidente.

Segunda:

Interessante o debate que aconteceu no plenário da Assembléia na manhã de ontem sobre o uso do desfibrilador. O deputado estadual e médico Dr. Paulo Siufi (PMDB), alertou que “o mau uso do aparelho pode matar”. A lei que tornava o aparelho comum às academias e outros lugares, morreu na hora.

Terceira:

Hoje é quarta-feira, dia da Novena na Perpétuo Socorro. Prossegue o abaixo-assinado que visa pressionar o governador a não vetar o projeto de Lei de Paulo Siufi, que torna N. S. do Perpétuo Socorro a Padroeira do Estado. Assinem.

Quarta:

A política administrativa em nosso estado continua a conta-gotas, com governador inaugurando sala vazia em hospital do câncer e aparelho de R$ 1 milhão e 300 mil encaixotado no Hospital Universitário.

QUINTA:

Ficar pelado não é arte, mas alguns imbecis estão confundindo isso. Vinte e sete vereadores da nossa Câmara fizeram Moção de Repúdio à um evento no MAM de S. Paulo, onde colocaram uma menininha de 4 anos para tocar num artista peladão.

SEXTA:

A Moção de Repúdio, muito bem encaixada, é de autoria do nosso vereador Pastor Jeremias. Só dois vereadores da nossa Câmara – por razões óbvias – deixaram de assinar: Eduardo Romero e Valdir Gomes.

Sétima:

Chegou a chuva e a cidade está se esburacando novamente. A turma do ‘tapa-buraco’ é pouca e já tem avenidas ficando intransitáveis. Na Hiroshima parece que caíram várias bombas. Na Marquês de Pombal (Tiradentes), um cano da Águas explodiu e está jorrando água há dias.

Oitava:

Ontem o Senado pegou pesado com o STF. O pronunciamento do senador Rubens Requião foi de fazer cair o queixo. A senadora Gleisi Hoffmann falou verdades que Aécio Neves nunca imaginou que iria ouvi-las.

Nona:

O Senado da República deixou um recado para o STF: “Ou vocês deixam de gracinhas ou quem vai fazer gracinhas com vocês somos nós”. Compreendendo a gravidade do assunto, a Ministra Carmen Lúcia botou panos quentes e deixou para decidir dia 11 o óbvio, que deverá acabar com o ‘pega’ nas duas Casas.

Décima:

A mais nova piada para o Estado é “encontrar petróleo”. Paulo Maluf já havia tentado isso e acabou desistindo. No Mato Grosso do Sul petróleo não tem, mas se procurarem escândalos vão conseguir fazer jorrar culpados por todos os lados. Apostar no petróleo é como vender geladeira no Pólo Norte.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários