AS ‘DEZ’ MAIS

Quarta-feira, 11 de maio de 2016.

1ª)

Dizem que o Paulo Pedra perguntou para o Bernal o que ele achava de um candidato a prefeito que tivesse 1,57{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de votos e obteve como resposta: “Esse não ameaça ninguém!”. Pedra voltou à carga perguntando ao Bernal: “E quem tiver 26{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de rejeição?” e Bernal respondeu: “Esse está politicamente morto!”… E o Pedra arrematou: “Esse cara é você!”. O final da história você já pode imaginar…

2ª)

O jornal CORREIO DO ESTADO publicou hoje a pesquisa IPEMS feita entre 4 e 6 deste mês e registrada no TRE/MS sob o nº MS-07441/2016. Foram 400 entrevistas com margem de erro de 4,90 pontos percentuais para mais ou para menos.

3ª)

Na estimulada o IPEMS apurou o seguinte: Marquinhos Trad com 32,16{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Bernal com 28,53{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Rose Modesto com 12,04{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Zeca do PT com 9,53{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e o senador Moka com 1,57{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Indecisos: 16,17{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}.

4ª)

Num segundo cenário o IPEMS colocou Nelsinho Trad, Alex do PT e Carlos Marun obtendo o seguinte resultado: Bernal com 33,71{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Nelsinho com 22,77{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Rose com 16,47{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Alex do PT 2,73{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e Carlos Marun com 1,98{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}.

5ª)

Bernal arrasta uma rejeição monstruosa. Além disso, Marquinhos – que aparece no primeiro cenário do IPEMS – que é o mais provável candidato dos Trad a prefeito, com 32,16{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}, receberia os votos do irmão Nelsinho Trad, perfazendo um primeiro lugar absoluto com 54,93{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Bernal receberia os votos do Zeca e teria 38,06{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Marquinhos também absorveria os votos do PMDB: mais 1,57{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e ficaria com 56,50{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. A pesquisa mostra que vai ser difícil, impossível tirar a prefeitura do pré-candidato Marquinhos Trad.

6ª)

Depois de cassar o senador Delcídio por unanimidade, o Senado da República faz hoje a votação histórica do ‘impeachment’ da presidente Dilma. Há, nas mãos do ministro do STF, Teori Zavasck, um pedido da AGU para o cancelamento dessa sessão e que poderá ser despachado a qualquer instante, mas Renan Calheiros não acredita que o ministro interfira no rito do Senado. Mas é bom salientar que “Estamos falando de Brasil, onde tudo pode acontecer” como já dizia o saudoso Tim Maia.

7ª)

Ontem a PF prendeu muita gente boa metida na ‘Lama Asfáltica’, mas mesmo assim deixou passar batido, ou ‘em branco’ a Gráfica e Editora Alvorada, do Mirched Jafar, que de uma só vez “faturou” 13 milhões, pagos no último dia do governo Puccinelli. É estranho que uma graficazinha de ‘ponta de vila’ fature uma quantia milionária dessas. Dizem mais: Se a PF bater em cima, vai pegar um novo fio de meada que vai dar novelo grande.

8ª)

Quem está ‘quebrando coquinho no bico’ é a nobre esposa ‘sangue-azul’ do João Amorim, Sra Cristina Cortada Amorim. Está com 4 fazendas bloqueadas e suas polpudas contas bancárias. Não tem dinheiro nem para abastecer seu reluzente ‘Jaguar’. Esse símbolo da ostentação francesa em terras sul-mato-grossenses não sai da garagem desde ontem. Amorim conseguiu o impossível: botou em cana as ‘três’ filhas que eram suas ‘laranjas’ e deixou a mulher milionária mais dura que barra de sino.

9ª)

A ex-mulher de Amorim está brava e desesperada. Ela disse que ele era ‘useiro’ e ‘vezeiro’ em usar parentes mais chegados como ‘laranjas’. Agora com a prisão das filhas, uma delas casada com o dono da Solurb, as coisas em família azedaram de vez. Até o jatinho deles, apelidado como ‘cheio de charme’ está com algemas nas rodas. A coisa está feia para a quadrilha montada no governo de Puccinelli. Isso mostra que o crime não compensa.

10ª)

As operações de catarata que custam 4 mil reais, poderão ser feitas na 11ª Caravana da Saúde ‘de graça’. Essa é a palavra mágica que movimenta a nossa sociedade. A iniciativa do governador Reinaldo Azambuja está sendo elogiada com toda razão. Serão mais de 100 mil atendimentos. Bernal colocou ‘gosto ruim’ na coisa porque, se compararmos o atendimento dessa iniciativa social, com a saúde ‘porca’ que o prefeito apresenta para os campo-grandenses, veremos diferenças como da ‘água’ para o ‘óleo’, ou da ‘água pro vinho’.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários