As Dez Mais

Quarta-feira, 23 de agosto de 2017.

PRIMEIRA:

Foi triste e ao mesmo tempo linda a despedida de ontem do ex-governador Dr. Pedro Pedrossian. Pessoas emocionadas, recepção à uma caravana vinda de Mato Grosso, e nas ruas o povo parando para reverenciar esse grande líder que partiu.

SEGUNDA:

Ficaram indagações do ‘por que’ o Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decretou luto oficial por 3 dias, mas não deu o feriado de ontem que deveria ter dado, dispensando o funcionalismo. Faltou à ele sensibilidade. Em contrapartida, a prefeita de Miranda – onde nasceu o filho ilustre – decretou luto oficial fazendo o que o governador não fez.

TERCEIRA:

Já o laborioso vereador Chiquinho Telles preparou um projeto de Lei que nomina todo o Complexo Ferroviário desta Capital com o nome de Pedro Pedrossian e mereceu aplausos, elogios e agradecimentos da Família Pedrossian pela iniciativa.

QUARTA:

A Difusora-FM 101.9 abriu parêntesis em sua programação postando no Palácio Popular da Cultura nosso querido repórter Elson Pinheiro que conversou com as grandes personalidades políticas que foram prestar suas homenagens ao ex-governador falecido. Rádio… é isso!.

QUINTA:

A morte do empresário Erasmo Ribas que bateu seu carro próximo a Aquidauana numa máquina de cortar eucalipto que atravessou a pista sem qualquer sinalização, vai dar muito o que falar. A Família Ribas está revoltada com o descaso da fazenda de 10 mil hectares e promete botar a boca no trombone.

SEXTA:

A JBS unidades de Ponta Porã e de Campo Grande entregaram ontem na Secretaria de Fazenda estadual a confissão de 75 milhões em dívidas por ‘Tares’ não cumpridos. Esse tipo de ‘delação expontânea’ coloca mais lenha na fogueira, porque mostra que nunca foram fiscalizados por aqueles que a empresa denunciou na PGR de ter pago propina.

SÉTIMA:

As denúncias continuam escapando da Secretaria de Fazenda em torno de empresas que pagaram para sonegar sem serem importunadas. Comenta-se que, como a JBS e o Curtume Bras-Peli existem 1.200 empresas em nosso estado na mesma situação. Isso é nitroglicerina pura.

OITAVA:

Nosso querido Antonio Simão Abrão – o Troncoso – caiu, quebrou o fêmur e está no estaleiro. Eis o motivo pelo qual ele tem andado recolhido e distante dos amigos.

NONA:

Deputado Amarildo Cruz esteve hoje no meu programa na 101.9. Há um ano ele luta pela preservação daquilo que resta da mata original do Parque dos Poderes. Os entraves estão no governo. A demora favorece a especulação imobiliária que avança sobre a mata do Parque. É hora de preservar e lutar pela preservação dos 119 hectares que forma esse complexo.

DÉCIMA:

O pecuarista Sebastião Felix da Silva, de 87 anos, morreu esmagado por um guarda-roupas que caiu sobre ele em sua residência, no Itanhangá Park, em Campo Grande. Ele foi encontrado debaixo do móvel que não havia sido montado, já em parada cardíaca. Um fato policial diferente, vez que ninguém imagina que alguém possa morrer dessa forma.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários