AS ‘DEZ’ MAIS

Quinta-feira, 13 de Julho de 2017.

PRIMEIRA: Manhã de movimentações, protestos e sorrisos com a condenação do ex-presidente Lula. A notícia está em todo o mundo. Destaques nas primeiras páginas dos maiores e mais influentes jornais da Europa, onde Lula é tratado como o maior líder da esquerda brasileira.

SEGUNDA: Lula vai dar uma coletiva daqui a pouco. Neste instante a queda de braço entre a política e o Poder Judiciário sai para campo aberto. O fim desse confronto – que não é bom pra ninguém – não se pode prever. Os petistas prometem defender seu maior líder até a última gota.

TERCEIRA: A sentença de Sérgio Moro contra Lula, dando ao ex-presidente uma condenação de 9 anos e meio de prisão,poderá ou não ser confirmada pelo TRF do Rio Grande do Sul em Porto Alegre. Para essa observação a demora não será menos que 1 ano.

QUARTA: Neste instante Lula é o candidato líder nas pesquisas presidenciais para o próximo ano. Apesar da condenação ele poderá disputar a eleição porque a sentença é de 1ª Instância. Se o TRF/RGS confirmar a sentença de Sérgio Moro, Lula passa a ser “ficha suja” e estará fora da disputa.

QUINTA: A reação contra a sentença dada por Sérgio Moro, por aqui foi imediata. O ex-governador Zeca do PT saiu em defesa do seu líder máximo e o partido emitiu “nota oficial” sobre o assunto.

SEXTA: Para Michel Temer a condenação de Lula tirou-o do foco da mídia, caindo o assunto para menor importância. Temer emplacou a reforma trabalhista e tudo indica que a CCJ mandará arquivar a denúncia de Rodrigo Janot contra ele. Desde ontem estão “fofando” o couro de Janot na CCJ        .

SÉTIMA: Câmara e Assembleia já em ritmo de férias. Apesar de curtas – 15 dias – elas também desviarão o foco no Governo do Estado, que passa por um dos seus piores momentos. O Governador já teria saído de férias.

OITAVA: Na Assembleia poucos são aqueles que ficarão por aqui. Ontem eu conversei com o deputado Dr. Paulo Siufi que viajou com a família para Portugal. Vai cumprir um roteiro de fé em Fátima.

NONA: O presidente da Câmara Municipal estava em S. Paulo com problema de saúde na família. A Câmara terá o sistema de plantão para continuar gerenciando a administração municipal e atendimento ao público.

DÉCIMA: Ontem o ‘tititi’ foi o corte de fornecimento de energia para a Prefeitura de Jardim, administrada pelo filho do secretário de Fazenda estadual. Eles desmentiram o “corte”, mas não falaram com a imprensa. Fica valendo a regra: “Onde há fumaça, tem fogo”.

*Desculpem minha ausência do rádio. Estou muito gripado, mas devo voltar amanhã às lides. Abraços’.

Fuuuuuuuuuuuuuuuui

Comentários

Comentários