As Dez Mais

Quarta-feira, 05 de julho de 2017.

PRIMEIRA:

O Governador autorizou aumento de 5% para funcionários do Tribunal de Contas; 4,94% para os funcionários da Assembléia Legislativa e 2,94% para os 75 mil servidores estaduais. A tal “meritocracia” tucana, já era.

SEGUNDA:

A Energisa correu ontem atrás dos “pequeninos” esquecendo os “gatos” dos ricos e poderosos. Fizeram uma ‘derrissa’ na favela ‘Morro do Mandela’. Uma vergonha.

TERCEIRA:

A Energisa criou agora um pessoal na Comunicação Social que não atende e nem dá explicação. Depois da notícia publicada – no dia seguinte – começam correr atrás das redações tentando se justificar. Ai que saudades da Enersul.

QUARTA:

Ontem o pau quebrou na Assembléia. O deputado Cabo Almi , do PT, tirou do sério o deputado Eduardo Rocha (PMDB). As críticas eram sobre as prisões que a ‘Lava Jato’ está fazendo no pessoal do Michel Temer. Houve palavreado ríspido e troca de ofensas e a TVA ficou fora do ar.

QUINTA:

O Governo do Estado já gastou 500 milhões em publicidade. É a conta paga até agora para comunicar praticamente nada, porque o governo não tem obras e nem o que mostrar. Está jogando dinheiro fora.

SEXTA:

O ‘Correio do Estado de hoje, na sua página de “Economia” deu uma queimada na imagem do Governador, mostrando-o num amigavel e singelo aperto de mão com o presidente Michel Temer. Esse tipo de leitura os “aloprados” do governo não sabem fazer..

SÉTIMA:

Promotor Fábio Camilo da Silva, de Guarantã do Norte-MT, acusado de baderna, bebedeira e agressão, surtou a ponto de agredir enfermeiros e tentar destruir uma emissora de televisão que reportou sobre a briga dele com policiais. Ele quase destruiu a TV-Migrantes. Esse mau elemento tinha sido aprovado como juiz em Mato Grosso do Sul, mas o desembargador Dr. João Batista da Costa Marques, num gesto de coragem e prudência julgou-o “não apto para a função”.

OITAVA:

Prenderam uma caminhonete cautelada para a Prefeitura de Miranda. O servidor contratado pela prefeita Marlene Bossay estava irregular. Pior: possui 23 processos judiciais, inclusive por tráfico de drogas.

NONA:

O partido MUDA BRASIL do Bolsonaro vai chegar agitando o mês de agosto. Tem muita gente preparando a debandada, inclusive do PSDB de Mato Grosso do Sul.

DÉCIMA:

O Governador se mantém incólume e impassível quanto ao atendimento dos amigos. Nem o André Salineiros tem conseguido furar o bloqueio. O homem não quer ver ninguém. Permanece “fechado em Copas” como se diz normalmente na política quando não se quer receber ninguém.

Amanhã eu volto

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários