As Dez Mais

Quarta-feira, 21 de junho de 2017.

Primeira:

Começou oficialmente nesta madrugada o inverno no Hemisfério Sul. A despedida do Outono com baixas temperaturas dizem que foi um pequeno aperitivo do que irá acontecer nos próximos 90 dias. Podem ir tirando galochas e agasalhos da naftalina porque vamos enfrentar muito frio.

Segunda:

As temperaturas baixas contrastam com as temperaturas políticas. Ontem o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou ser citado no Jornal Nacional pelo deslize jurídico de seu defensor que pediu a saída das acusações de Wesley e Joesley Batista, donos da JBS, contra o nosso governador. Reinaldo era uma ‘manjubinha’ num oceano, mas agora está no olho do furacão.

Terceira:

Agora com a faca e o queijo na mão o ministro do STF, Edson Fachin, deverá começar pedir diligências contra os acusados pelos delatores da JBS/Friboi. É a primeira etapa das apurações, o que significa que a qualquer momento a Polícia Federal poderá desencadear uma operação em nosso Estado, a pedido do STJ.

Quarta:

Enquanto a temperatura se mantém elevada no nível jurídico e político, a CPI DA JBS montada às pressas pela Assembléia Legislativa pode ser considerada uma “natimorta” a começar pelo presidente e membros da pretensa “investigação”, todos considerados dentro e fora do nosso parlamento, deputados “chapas brancas”.

Quinta:

E já que estamos falando em investigação, uma alta fonte da Justiça em Brasília me confidenciou, mas autorizou que eu falasse, disse que puxaram a ‘capivara’ do tal João Roberto Baird e ficaram assustados com o que viram desde os tempos em que ele se meteu com a corretagem dos chamados ‘regimes especiais’ para cerealistas do sul do estado.

Sexta:

E como sabem que o deputado Dr. Paulo Siufi (PMDB) é independente, e poderia “melar” o cenário fantasioso da tal ‘CPI DA JBS’, tiraram-no de cena sem a menor cerimônia. Dizem que à princípio Siufi ficou triste e revoltado, mas depois agradeceu por não ter sido escolhido para tomar conta de algo que promete desgastar quem está dentro e quem está fora.

Sétima:

Apareceu outro componente na explicação do assassinato do empresário Ronaldo Batista, de Anastácio, dono do Restaurante Pantaneira, em Aquidauana: Pode ter sido um crime homofóbico. Isso explica a “festinha” acontecida na casa dele que terminou em latrocínio. Uma quarta pessoa que ainda não apareceu na cena do crime está sendo procurada pela polícia.

Oitava:

A polícia descobriu um grupo de WhatsApp por nome “Progresso” onde bandidos marcavam encontros e reuniões para planejar assaltos e roubos de veículos. Já haviam ‘três’ encomendas. O “grupo” estava no celular de Mike Caetano Monge, de 20 anos, cujo comparsa, identificado como José bruno dos Santos Azevedo, de 23 anos, foi morto pela polícia depois de resistir à um cerco policial para prender a dupla que estava com uma S-10 que haviam acabado de furtar.

Nona:

Aécio Neves (PSDB) não foi preso. A definição sobre pedido dessa natureza ficou para depois. Em compensação o STF resolveu mandar soltar a irmã dele e o primo que estavam presos por ‘lavagem de dinheiro e corrupção’. Eles ganharam tornozeleira eletrônica e prisão domiciliar. Mas a ‘batata’ do Aécio está assando.

Décima:

Hoje é dia da Poderosa Novena de Nossa Senhora do perpétuo Socorro, que será transmitida pela Difusora-FM 101.9, a partir das 15 horas, direto do santuário, e sob o prestígio publicitário da OralSim. Será mais uma bela transmissão que colocará mais uma vez, todo mundo ao pé do rádio. Não esqueçam este importante encontro de fé cristã e aproveite para agradecer ou fazer os seus pedidos.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários