As Dez Mais

Sexta-feira, 26 de maio de 2017.

PRIMEIRA:

Governo do Estado tenta desesperadamente recuperar a boa imagem do Azambuja (PSDB), exibindo um montão de viaturas para a Sejusp. Lá de dentro alguém “assoprou” que para o desfile – que vai atrapalhar o trânsito e atasanar a vida de quem trabalha – a ordem foi colocar só 20 litros no tanque para não gastar mais que o necessário.

SEGUNDA:

Críticos dos exageros do Azambuja dizem que “Não adiante ter viaturas e não ter combustível”. Outros vão mais longe: “Não adianta ter viaturas se os soldados da PM e da Civil não receberam aumento e estão desanimados com a carreira pela falta de incentivos.

TERCEIRA:

Na contra-mão dessas coisas atabalhoada que faz o governo estadual, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) mostra o que é administrar com competência. Sua meta é economizar 10 milhões mensais, e faz ajustes cortando na própria carne ao invés de aumentar impostos.

QUARTA:

É muito fácil para qualquer governante, ao sentir a falta de dinheiro, enfiar a mão no bolso dos contribuintes. Reinaldo tão logo assumiu preferiu salgar o IPVA que reduzir despesas e ajustar a máquina do tamanho que era possível. O exemplo do prefeito Marquinhos Trad precisa ser compreendido e seguido.

QUINTA:

Em Brasília tem uma galera esperando que a chapa de Michel Temer seja cassada. Apostam numa eleição indireta. Já existem até nomes nessa silenciosa disputa. Temer segue impávido, no melhor estilo: “Praga de cavalo magro, não mata cavalo gordo”.

SEXTA:

Uma pesquisa recente sobre o que o povo acha sobre a delação do JBS em nosso Estado, e se Azambuja é culpado ou inocente, mostrou que no seio da população o governador perde de goleada. Todo mundo acha que “onde há fumaça, há fogo”. Nessas condições, mudar o conceito do governo só mesmo um milagre.

SÉTIMA:

A DIFUSORA-FM (101.9) vai criar o MUSEU DO RÁDIO para homenagear radialistas, emissoras e mostrar equipamentos antigos usados desde o começo do rádio no Brasil. A construção do Museu será em breve e nele estarão doações de pessoas para que seja possível contar a história do rádio no Centro-Oeste.

OITAVA:

Um dos grandes do automobilismo esteve ontem com o prefeito Marquinhos Trad (PSD) conversando sobre a volta da Fórmula-Truck em nosso autódromo. Wilsinho Fittipaldi confirmou a Copa Truck dia 11 de junho; Dia 16 de julho a Fórmula Vee Brasil e no dia 8 de outubro o Campeonato Brasileiro de Motocross. Vida ao autódromo é mais um exemplo de trabalho da nossa prefeitura.

NONA:

Ao invés de investigar denúncias o Ministério Público Estadual preferiu o caminho mais fácil: confiar na palavra do governador de que é inocente e desacreditar na palavra dos Irmãos Batista, donos do frigorífico JBS. A promotoria se cala e se contenta com os esclarecimentos do acusado. Resta saber se o STJ vai agir da mesma forma. Lá em Brasília dizem que nosso Estado vai se surpreender com as pedras que estão para rolar.

DÉCIMA:

Apareceu mais uma na delação da JBS: “Entre 2014/2015, o grupo tratou direto com o governador sobre a compra da SANESUL”. O negócio só não deu certo porque Dourados pulou pra trás, desmanchando o sonho dos Batista em controlar a distribuição de água no interior do Estado. Essa é mais uma para o Sr. Azambuja explicar.

Segunda-feira eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários