AS ’10’ MAIS

Terça-feira, 08 de Setembro de 2015.

1ª)

Dentro de 15 dias – a contar de hoje – começa a Primavera, a mais bela estação do ano. O final do inverno promete ser com chuvas esparsas e com fenômenos atmosféricos como granizo e ventos fortes.

2ª)

Na Guatemala, o ex-presidente foi preso por corrupção. O candidato preferido daquele povo é o comediante de televisão Jinny Morales. Estão querendo imitar o Brasil que colocou uma comediante na presidência.

3ª)

Guardamos as panelas que estavam prontas para ‘panelar’ o discurso da Dilma pela televisão. Desta vez a comediante nos pregou outra peça. Seu ‘stand Up’ foi pela internet. A ‘borracha’ desta fez foi o convite para que a Europa mande seus refugiados.

4ª)

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB), disse ao jornal ‘O Estado’ que “nunca houve compra de votos”. O Ministério Público tem que provar sua tese de qualquer jeito, senão a sessão da Câmara que cassou o prefeito ‘recozido’ terá que ser validada pelo TJMS.

5ª)

Em menos de 8 horas, quatro pessoas morreram à míngua nas portas de Unidades de Saúde da Prefeitura de Campo Grande…

6ª)

A Família Tomonaga passa por imensa dor. Faleceu a jovem médica Yuri Tomonaga, de 31 anos. Seu veículo capotou entre Camapuã e Paraíso.

7ª)

Em Anastácio a novidade ficou por conta de um corpo que foi ‘torrado’ num ‘micro-ondas’. Os bandidos de lá importaram a ‘moda’ dos morros cariocas e viram que funciona.

8ª)

O Ministério Público Estadual está preocupado com a inobservância da ‘Lei da Ficha Limpa’. Dizem que, se aplicada na atual administração municipal muita gente vai ter que ‘cair fora’.

9ª)

O Dr. George Takimoto quer 50{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de desconto para idosos que renovem suas CNHs, porque o prazo de validade delas é de apenas 3 anos, contra 5 dos documentos expedidos para idades inferiores.

10ª)

No Brasil existem 10.123 sindicatos e outras entidades, que só neste ano já receberam 3,1 bilhões, retirados de 1 dia de trabalho do povo brasileiro. A CUT recebeu 55 milhões. A UGT, 39,7 milhões, e mais de 600 sindicatos não receberam ‘nada’. 537,7 milhões foram destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). São dados liberados pelo ministério do Trabalho, que antes eram ‘protegidos’ por “sigilo bancário”.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários